quinta-feira , 21 setembro 2017

Pezão veta projeto que prevê redução do seu próprio salário e do alto escalão Projeto foi aprovado pela Assembleia Legislativa do Rio (Alerj)

Projeto foi aprovado pela Assembleia Legislativa do Rio (Alerj)

Fotos: SF Notícias

Após ser aprovado pela Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) o Projeto de Lei que reduzia em 30% o salário do governador e do alto escalão do governo, foi vetado por Pezão nesta sexta-feira (30).

O projeto foi enviado à Alerj pelo próprio governador que decidiu voltar atrás justificando sua decisão através da afirmação de que a Assembleia devolveu ao Executivo o Projeto de Lei que previa a criação de uma alíquota extraordinária de até 30% para servidores ativos e inativos e desta forma, segundo Pezão, a sanção acarretaria que apenas os cargos citados acima suportassem reduções.

O veto também suspende o fim dos supersalários de servidores cedidos pela União, Municípios e empresas públicas, visto que um artigo acrescentado limitava a remuneração paga a esses servidores ao teto estadual vigente, de cerca de R$ 28 mil mensais. Para o governador, a medida acarretaria ainda uma inversão de hierarquia, pois tornaria maior o salário dos subordinados aos subsecretários. Outra crítica foi a inclusão ao texto original de artigos que tratam de austeridade, como a limitação de locação de automóveis.

 


Mais do SFn

SFn