segunda-feira , 23 Abril 2018

Pipoqueiro perde única fonte de renda após carrinho pegar fogo e busca ajuda para reconstruí-lo, em São Fidélis Dóia estava saindo para trabalhar quando o carrinho pegou fogo; Ele sofreu graves queimaduras no rosto e braços

Dóia estava saindo para trabalhar quando o carrinho pegou fogo; Ele sofreu graves queimaduras no rosto e braços

Fotos: Arquivo pessoal

Quase três meses após conseguir com muito esforço um carrinho de pipoca, Dóia viu sua fonte de renda ser destruída em um acidente. Ele estava saindo para trabalhar quando o carrinho pegou fogo. O pipoqueiro acabou sofrendo queimaduras graves e chegou a ficar internado no Hospital Armando Vidal, em São Fidélis.

Agora, Dóia busca ajuda para reconstruí-lo ou para comprar um novo. “O único ganho meu era aquele carrinho, eu conquistei ele com muita dificuldade e agora veio esse acidente e acabou com tudo e fiquei sem nada” – disse.

Amigos do pipoqueiro estão se mobilizando para ajudá-lo. “O sonho dele é o carrinho, que é o ganha pão dele. A gente dá o maior suporte, ele não tem família, a família dele somos nós. Estamos ajudando agora no momento mais difícil, mas o carrinho não dá pra gente reconstruir” – afirmou Silnia, que ajuda Dóia há 19 anos.

Segundo Karinne, que é vizinha do pipoqueiro, a intenção é reformar o carrinho de uma forma digna para ele trabalhar ou comprar um novo porque esse ficou destruído. Os interessados em ajudar podem entrar em contato com Silnia pelo número (22) 9 – 9800 – 5506.


Mais do SFn