quarta-feira , 22 novembro 2017

PMs do interior foram transferidos para atuar na copa

batalhão de polícia militar foto vinnicius cremonez
Fotos: Vinnicius Cremonez/Carlos Grevi-Ururau

A população do interior do estado do Rio de Janeiro, principalmente das regiões Norte e Noroeste Fluminense, questiona a transferência de Policias Militares para a capital do estado durante a copa. PMs que fazem parte do 6º Comando de Policiamento de Área (CPA), que é composto pelo 8º BPM (Campos), o 29º BPM (Itaperuna), o 32º BPM (Macaé) e o 36º BPM (Santo Antônio de Pádua), irão reforçar a segurança no Rio de Janeiro durante a Copa do Mundo.

Com a transferência desses policiais, a população se sente insegura, visto que a criminalidade vem aumentando cada vez mais em nossa região, principalmente casos de roubos, assaltos, furtos e homicídios.

Entre os PMs que foram transferidos, estão militares de São Fidélis e por isso nossa redação conversou com o Primeiro Tenente e Comandante da 4º Companhia de Polícia Militar de São Fidélis, Paulo Sudário. Segundo Sudário, os policias que foram transferido para atuar na copa, estariam em gozo de férias.

comando da pm sabinoProcuramos também o comandante do 8º Batalhão de Polícia Militar que é responsável pela segurança dos municípios de Campos, São Fidélis, São João da Barra e São Francisco de Itabapoana. Segundo o Comandante do 8º BPM, Antônio Carlos Sabino, não está havendo perda de efetivo no policiamento em nenhuma das áreas responsáveis pelo 8º Batalhão, e que nessas mesmas regiões já foram recebidos policiais de fora, não sendo a primeira vez que isso acontece.

O total de policiais do 8º Batalhão que prestarão apoio no Rio de Janeiro até o final da copa, de acordo também com o Comandante, são de 59 PMs.

Segundo assessoria de imprensa do Comando Geral da Polícia Militar, a medida servirá para reforçar o policiamento durante jogos da Copa do Mundo no Rio de Janeiro e o efetivo de policiais do Norte e Noroeste Fluminense não serão prejudicados.

 

 


Mais do SFn