terça-feira , 20 novembro 2018

Poeta Bráulio Bessa e Leoni estarão na 10ª Bienal do Livro de Campos Este ano a bienal vai voltar às origens e será realizada na instituição que sediou sua primeira edição há 20 anos

Este ano a bienal vai voltar às origens e será realizada na instituição que sediou sua primeira edição há 20 anos

Foto: SF Notícias

Algumas atrações da 10ª Bienal do Livro de Campos, feira literária que será realizada de 20 a 25 de novembro no IFF-Centro, foram divulgadas nesta semana. Entre os destaques, estão um sarau com o poeta Bráulio Bessa, no dia 23, às 20h e show do cantor Leoni no 21, às 22h. A programação da Bienal está sendo elaborada por uma comissão da Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima (FCJOL). Nos próximos dias, serão divulgadas mais atrações.

Esta edição terá como patrono Nilo Peçanha, campista que foi presidente do Brasil (1909/1910). A Bienal vai voltar às origens e será realizada na instituição que sediou sua primeira edição há 20 anos. Serão lançados 36 livros e realizadas 19 mesas, cinco rodas de conversa, oito palestras, dois bate-papos, quatro cafés literários, dois festivais (Festival de Poesia Falada e Festival Cosplay), o Concurso de Contos José Cândido de Carvalho, nove espetáculos teatrais infantis e três adultos.

Durante toda a bienal, haverá a exposição “Sesquicentenário de Nilo Peçanha”, no Corredor Cultural. Entre as mesas, no dia 20 de novembro, às 20h, os “150 anos de Nilo Peçanha”, com a mediadora Sylvia Paes e os debatedores Genilson Soares, Joaquim Eloy, Hélio Coelho e Vilmar Rangel.

No dia 22, também às 20h, haverá a mesa “Feminismo não é mimimi” com mediação de Vanessa Henriques e as debatedoras Paola Souza, Mariângela Honorato, Joice Berth e Carla Akotirene. Outra mesa com temática relevante ao cenário atual é “Fakenews: mentiras verdadeiras” no dia 23, às 17h. O debate será mediado pelo jornalista Aluysio Abreu Barbosa e contará com a participação de Wagner Schwartz, Artur Xexéo, Ocinei Trindade e Claúdia Eleonora.

No dia 24, às 14h, o tema será “Literatura Fantástica”, com a mediação de Sérgio Máximo Jr. e os debatedores Raphael Draccon, Carolina Munhoz e João Ventura. Também no dia 24, às 20h, “Marielle, Moa, Anderson: todos presentes” com o mediador Léo Puglia e os debatedores Antônia Pellegrino, Anielle Silva e Ong Redes da Maré.

Entre as apresentações teatrais, está “Os Tapetes Contadores de História”. Entre as palestras, Jane Muniz lançando o livro “Problema de Oportunidade, no dia 23, às 15h; o papo de atleta com Léo Santos e Marissol Rios, no dia 24, às 15h; o papo de artista com o ator de malhação, Daniel Rangel, dia 25, às 15h.


Mais do SFn