quinta-feira , 13 dezembro 2018

Polícia Ambiental encontra 10 mil m² de área desmatada em Miracema Segundo a Polícia Ambiental, uma das áreas pertence a um secretário municipal da Prefeitura de Miracema

Segundo a Polícia Ambiental, uma das áreas pertence a um secretário municipal da Prefeitura de Miracema

Fotos: Polícia Ambiental

Com informações repassadas pelo Linha Verde (0300 253 1177), policiais militares lotados na Unidade de Policiamento Ambiental do Parque Estadual do Desengano encontraram duas áreas desmatadas que somadas, chegam a 10 mil m²  de áreas desmatadas em Miracema, no Noroeste Fluminense.

A área encontrada fica na Rua Demétrio Damasceno, no Morro do Demétrio. Os agentes da 3ª UPAm constataram a supressão de vegetação com característica de nativa, em estágio inicial de regeneração dentro de uma área com cerca de 5 mil m². Em contato com uma testemunha que estava no local, os policiais descobriram que o responsável pelo ilícito ambiental não estava presente na localidade durante a fiscalização.

Próximo a esse terreno, os policiais ambientais encontraram mais 5 mil m² desmatados e foram informados que o local da ocorrência pertence a um secretário municipal da Prefeitura de Miracema, mas o mesmo estava em viagem. Com base na Lei de Crimes Ambientais (9605/98), os militares se dirigiram à 137ª DP, onde as ocorrências foram registradas.

Vale reforçar que nas regiões Norte e Noroeste Fluminense, a população pode denunciar qualquer crime ambiental ao Linha Verde, pelos telefones 0300 253 1177 (custo de ligação local) e (21) 2253 1177 ou ainda através do APP “Disque Denúncia RJ”, onde é possível enviar fotos e vídeos, sempre com a garantia do anonimato.


Mais do SFn