Polícia Ambiental encontra área de 10 mil m² desmatada em Aperibé Área fica em um sítio na localidade de Japona

Área fica em um sítio na localidade de Japona

Fotos: Linha Verde

Policiais ambientais da 3ª  Unidade de Policiamento Ambiental do Parque Estadual do Desengano encontraram uma grande área desmatada na manhã desta quarta-feira (10/10) em Aperibé, no Noroeste Fluminense.

De acordo com a 3ª UPAm, os agentes procederam até um sítio na localidade de Japona, zona rural de Aperibé, onde os policiais constataram o desmatamento em uma área de 10 mil metros quadrados, onde existiam árvores com características nativas em estágio inicial e médio de regeneração. Ainda foi possível identificar o corte de quatro árvores de médio porte, mas os policiais não encontraram o responsável pelo crime ambiental. A ocorrência foi registrada, após perícia, na 136ª DP (Santo Antônio de Pádua) com base nos artigos 38 e 48 da lei de crimes ambientais juntamente com o artigo 25 da lei 11428/06 (bioma da mata atlântica)

Vale frisar que nas regiões Norte e Noroeste Fluminense, a população pode continuar denunciando qualquer crime ambiental ao Linha Verde, pelo telefone 0300 253 1177 (custo de ligação local) ou ainda pelo aplicativo “Disque Denúncia RJ”, enviando fotos e vídeos, sempre com a garantia do anonimato.


Mais do SFn