terça-feira , 12 novembro 2019

Polícia Ambiental encontra aterro em área de proteção em Pádua e resgata pássaros em Aperibé Quatro pássaros da fauna silvestre, que estavam em cativeiro, foram resgatados pelos policiais

Quatro pássaros da fauna silvestre, que estavam em cativeiro, foram resgatados pelos policiais

Agentes da 3ª Unidade de Polícia Ambiental do Parque Estadual do Desengano (3ª UPAm) encontraram um aterro em uma área de preservação permanente com cerca de 200 m² em Santo Antônio de Pádua, no Noroeste Fluminense. Segundo os agentes, o aterro fica no bairro Industrial, a menos de 30 metros de um curso de água, e aparentemente foi construído através de uma máquina retroescavadeira. Os policiais encontraram o aterro após denúncias sobre extração mineral em área de preservação feita ao Linha Verde (0300 253 1177) através do aplicativo para celulares “Disque Denúncia RJ”.

Já em Aperibé, os policiais resgataram quatro pássaros da fauna silvestre, mantidos em cativeiro Os militares, ao passarem pela Rua Francisco de Souza, encontraram gaiolas na área externa de uma residência. Nas gaiolas havia dois Canários da Terra, um Sanhaçu e uma Sabiá. O responsável pelos animais, ao ser questionado pelos policiais, informou que não possuía nenhuma licença específica para mantê-los em cativeiro. Ele foi encaminhado à 136ª Delegacia Legal. As aves foram levadas ao Parque Estadual do Desengano, onde serão devolvidas ao seu habitat natural.

Vale ressaltar que no Noroeste Fluminense a população pode denunciar crimes ambientais ao Linha Verde, pelo telefone 0300 253 1177 (custo de ligação local) ou ainda através do aplicativo “Disque Denúncia RJ” enviando fotos e vídeos, sempre com a garantia do anonimato.

Mais do SFn