Polícia Civil de Minas Gerais faz operação em Pádua e Pirapetinga para prender acusados de homicídio Vítima foi morta no escadão do bairro Brasilinha. Um dos acusados seria integrante da facção criminosa que coordena o tráfico de drogas na divisa dos Estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais

Vítima foi morta no escadão do bairro Brasilinha. Um dos acusados seria integrante da facção criminosa que coordena o tráfico de drogas na divisa dos Estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais

Fotos: Polícia Civil de Minas Gerais

A Polícia Civil de Pirapetinga realizou mais uma operação nesta semana. Dessa vez, para prender envolvidos no assassinato de Leonardo Pereira Duarte, que aconteceu no dia 13 de fevereiro desse ano, no escadão do bairro Brasilinha, área central do município.

Os policiais da 30ª Delegacia de Polícia Civil de Pirapetinga cumpriram mandados em Pirapetinga e em Santo Antônio de Pádua. A operação tinha como objetivo cumprir cinco mandados de prisão preventiva, mas dois dos acusados não foram encontrados.

O crime

Segundo a Delegada Dr. Flávia Granado, Leonardo estaria no escadão, local de encontro de usuários, quando três homens chegaram por cima do morro e o abordaram. Leonardo como conhecia os autores, teria guardado a arma de fogo que portava, momento em que os três acusados teriam sacado suas armas e efetuado diversos disparos contra a vítima, que morreu no local.

Ainda de acordo com as investigações, após a execução do crime, os autores teriam descido o escadão, onde um veículo Corsa Sedan, de cor escura os esperava para dar fuga.

Segundo levantamento feito pela polícia, os autores e a vítima vinham disputando pontos de venda de drogas em Pirapetinga, inclusive, anteriormente, a vítima já teria atentado contra a vida de um dos acusados, que seria integrante da facção criminosa que coordena o tráfico de drogas na divisa dos Estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais, em Pádua e Pirapetinga.


Mais do SFn