sexta-feira , 2 dezembro 2016
operacao-policia-ampla-novo-2

Polícia Civil e Ampla fazem nova operação contra furto de energia em São Fidélis

operacao-policia-ampla-novo-1A Polícia Civil e a concessionária responsável pelo fornecimento de energia elétrica em São Fidélis

deflagraram mais uma operação de combate ao furto no município. Essa é a quarta operação realizada só neste ano na cidade. Assim como nas demais, várias operacao-policia-ampla-novo-4residências e estabelecimentos comerciais foram fiscalizados nesta quarta-feira (09/11).

Além de técnicos da concessionária, participam da operação policiais da 141ª Delegacia Legal de São Fidélis e peritos do Posto Regional de Polícia Técnica Científica (PRPTC) de Campos. As equipes operacao-policia-ampla-novo-5encontraram dois gatos em um mesmo imóvel, onde além de uma residência, existe uma peixaria.

Até o momento, foram encontradas irregularidades em seis casas e em uma peixaria, sendo todos no bairro Vila dos Coroados. Os moradores de todos esse imóveis foram levados para a operacao-policia-ampla-novo-6delegacia, onde o delegado, Dr. Rodrigo Maia, vai analisar cada caso.

Além de ser crime, com pena prevista de um a oito anos de reclusão, os chamados “gatos de luz” afetam diretamente a qualidade do serviço prestado pela distribuidora e põem em risco a população, principalmente as pessoas que manipulam a rede elétrica. As ligações irregulares podem causar curtos-circuitos e sobrecarga na rede elétrica, ocasionando interrupção no fornecimento de energia.

Para conscientizar a população sobre o perigo do furto de energia, a Ampla realiza, além destas operações, diversos projetos sociais em comunidades, com informações sobre o uso eficiente de energia elétrica, programas para geração de emprego e renda e revisão gratuita de instalações elétricas de consumidores com menor poder aquisitivo.

 

operacao-policia-ampla-novo-3

SFn

Um comentário

  1. Chega de proteger criminosos só porque são da elite. Quando pobre comete crimes vocês colocam o rosto e todas as informações. Aguardando fotos, nomes dos criminosos e suas casas. Quero ver a imparcialidade!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *