terça-feira , 22 outubro 2019

Polícia Civil faz operação contra o tráfico; líder de facção criminosa é preso em Pádua Policiais estiveram em quatro endereços, sendo dois em Pirapetinga, um em Santo Antônio de Pádua e um em Aperibé

Policiais estiveram em quatro endereços, sendo dois em Pirapetinga, um em Santo Antônio de Pádua e um em Aperibé

A Polícia Civil de Pirapetinga, em Minas Gerais, realizou a “Operação Hydra” para cumprir mandados de prisão preventiva contra acusados de envolvimento com o tráfico de drogas em Minas Gerais e no Rio de Janeiro.

Ao SF Notícias, a delegada Dr. Flávia Granado, da 30° Delegacia de Polícia Civil de Pirapetinga, contou que as equipes estiveram em quatro endereços, sendo dois em Pirapetinga, um em Santo Antônio de Pádua e um em Aperibé, no Noroeste Fluminense.

Em Pádua os policiais conseguiram prender um homem que é apontado como líder de uma facção criminosa que atua no bairro Tavares. Já em Pirapetinga os policiais prenderam mais dois homens. Um dos procurados, morador de Aperibé, é considerado foragido.

Ainda de acordo com a delegada, a operação foi iniciada há um ano e contou com seis fases diferentes. “Foram realizadas diversas diligências, campanas, serviço de inteligência e apoio aéreo, o que tornou possível identificar toda a ramificação criminosa e comprovar a estrutura organizacional, individualizando a conduta de cada um deles nesta teia criminosa”.

Ao todo, 23 pessoas foram indiciadas pelo crime de tráfico de drogas e outras 12 foram presas em virtude de prisão preventiva ou em flagrante delito. Todos os mandados foram expedidos pela Comarca de Pirapetinga. Na ação realizada esta semana, a Polícia Civil de Pirapetinga contou com apoio da Polícia Civil (136ª DP de Pádua) e do 36º BPM de Pádua.

Mais do SFn