terça-feira , 22 outubro 2019

Polícia Civil faz operação contra roubos na RJ-158 e cumpre mandados em Itereré Foram cumpridos sete mandados, sendo um de internação provisória de um adolescente. Operação foi realizada pela 135ª DP de Itaocara com o 6º DPA, e contou com apoio da delegacia de São Sebastião do Alto

Foram cumpridos sete mandados, sendo um de internação provisória de um adolescente. Operação foi realizada pela 135ª DP de Itaocara com o 6º DPA, e contou com apoio da delegacia de São Sebastião do Alto

A Polícia Civil, através da 135ª Delegacia Legal de Itaocara e do 6º Departamento de Polícia de Área do Estado do Rio de Janeiro (6º DPA), deflagrou, na manhã desta quarta-feira (07/08), uma operação para combater roubos de carros na RJ-158, entre os municípios de Campos e São Fidélis. O objetivo da operação era cumprir sete mandados, sendo seis de busca e apreensão e um de internação provisória de um adolescente. Os mandados foram cumpridos em residências que ficam às margens da rodovia, na localidade de Itereré, onde ocorrem os registros de roubos. Durante a operação, os policiais civis apreenderam duas armas, sendo uma espingarda e um revólver. (continua após a imagem)

Ao SF Notícias, o delegado Dr. Rodrigo Maia disse que a investigação durou dois meses, e começou após diversos relatos de roubos e tentativas de roubos no trecho. O delegado disse ainda que os alvos da operação, que são moradores da localidade, são suspeitos de envolvimento nos roubos. Ainda de acordo com o delegado, todos os mandados foram cumpridos. Cerca de doze policiais, divididos em seis viaturas, participaram da operação que contou com apoio de policiais da 155ª Delegacia Legal de São Sebastião do Alto. Os detidos e o menor foram encaminhados para a 134ª DP do Centro de Campos. O SF Notícias já mostrou ao longo dos anos, e principalmente nos últimos meses, diversos relatos de vítimas da “rodovia do medo”, como a RJ-158 ficou conhecida pelos usuários. A Fotojornalista Lúcia Alonso foi uma das últimas vítimas. No começo do mês (reveja AQUI) ela foi rendida, sequestrada e ameaçada. A vítima teve uma arma apontada para o pescoço e foi obrigada a dirigir por cerca de 30 quilômetros com um bandido dentro do seu próprio carro.

A rotina de crimes na RJ-158 estava impondo medo, preocupação e desespero a quem precisa passar pela rodovia. Muitos andam até acima da velocidade permitida pela via para concluir o trajeto o mais rápido possível. Recentemente a rodovia passou por uma intervenção do DER-RJ para retirada de quebra-molas no trecho onde aconteceu a operação nesta manhã. A retirada atende aos pedidos da população e dos usuários da rodovia que vinham sofrendo com os constantes crimes na estrada. Segundo os usuários da via, criminosos estavam aproveitando o momento em que os motoristas eram obrigados a reduzir a velocidade, devido aos quebra-molas, para cometerem os assaltos. Foram inúmeras vítimas ao longo dos anos e diversos relatos neste último mês (reveja AQUI).

Mais do SFn