quarta-feira , 16 agosto 2017

Polícia combate guerra entre facções e garante a segurança da população em Pádua

policia militar arma
Fotos: Vinnicius Cremonez / Reprodução

A guerra entre facções rivais na disputa pelo tráfico de drogas, tem gerado medo e pânico entre os moradores de Santo Antônio de Pádua, no Noroeste Fluminense.

Bandidos estão espalhando áudios e boatos falsos pelo município, querendo tirar a tranquilidade e implantar o terro com demonstração de suposta força por parte de traficantes, fazendo questão de divulgar ao máximo de pessoas possíveis, os tais áudios. Além das gravações, o grupo tem espalhado pichações pelos muros da cidade, numa demostração de marcação de território.

Em uma das gravações, um dos bandidos cita que os bairros 17, Cehab, Gerador, Paraoquena, Lagoa do Sapo, Beira-Rio pertence a ele, e faz um alerta para os tais traficantes dos bairros Cidade Nova e Morro do Gabri, ameaçando invadir os bairros. Ainda na gravação ele cita a imigração de membros de uma facção para a que ele pertence.

homicidioNos últimos meses, a guerra entre as facções resultou em cinco homicídios e duas tentativas de homicídios, onde a maior parte das vítimas, tinha envolvimento com o tráfico de drogas, sendo que uma delas, uma mulher, era responsável pelo transporte da droga de Campos para Pádua.

Em reposta aos criminosos, o 36º Batalhão de Polícia Militar intensificou o patrulhamento e apreendeu armas, munições e diversas drogas no município, além de identificar e prender autores de uma das gravações que foram divulgadas pela cidade.

adolescente presoEm uma ação rápida da Polícia Militar, um adolescente foi preso no último dia 22 suspeito de ter cometido o último homicídio registrado no município. O adolescente foi preso minutos após o crime que ocorre no bairro Morro do Gabri. R.B.S., de 15 anos, foi aprendido em sua residência na localidade conhecida como Biquinha, no bairro Cidade Nova, e encaminhado para a delegacia de Pádua, onde prestou depoimento e negou ser o autor do crime, mas diversas testemunhas indicaram ele como sendo o autor do homicídio.

policia militar páduaO adolescente foi autuado por homicídio no artigo 121 do Código Penal Brasileiro, que prevê reclusão de seis a vinte anos. Tanto a vítima como o suspeito de o autor do crime, já possuem passagens pela polícia.

Por determinação do comandante, o batalhão que tem a missão de servir e proteger o cidadão que fica no meio dessa disputa, está atento e vigilante as ações provocadas por este pequeno grupo que tenta impor o medo no município, e vem realizando diversas operações e intensificando o patrulhamento em locais com maior incidência de ações delituosas, com o objetivo de prender os criminosos ligados ao tráfico de drogas.

Em uma entrevista exclusiva a nossa equipe de reportagem, o comandante do 36º BPM, o Tenente Coronel Eduardo Vaz Castelano, desmentiu o falso boato de que três pessoas teriam sido mortas na noite de sexta para sábado no bairro Cidade Nova. Segundo o comandante, os bandidos espalharam o boato e divulgaram fotos falsas para a população.

TENENTE CORONELCASTELANO“Devemos tomar conhecimento desses fatos lamentáveis, orientar e tranquilizar a população, e agir de forma proativamente para que não se repitam ações dessa natureza. É necessário que a Polícia Militar, braço forte do estado, restabeleça a paz na cidade, com base no seu viés de competência constitucional, que é a preservação da ordem pública pública, através do policiamento ostensivo diuturnamente e ininterruptamente nas ruas da cidade, com vistas à proteção e integridade do cidadão e dos bens, serviços e valores”, disse Castelano.

Ainda segundo o Coronel, foi reforçado o policiamento no bairro Cidade Nova, onde policiais estão observando toda a ação no alto da comunidade.

10881526_1537816776466343_7869559790351918715_n“Estamos identificando os demais autores dessas gravações e eles serão presos em breve. É impostante que a população fique tranquila e que as pessoas convivam normalmente sem nenhuma necessidade de mudança de rotina ou modo de vida em virtude das últimas notícias falsas divulgadas pelos criminosos. É importante também que os marginais que estão efetuando provocações e as divulgando, saibam que seus dias de atividades estão contados, e que o bem mostrará mais uma vez que é mais forte e que prevalecerá sobre o mal”.

“A população deve depositar a sua confiança na Polícia Militar, e ajudar a Polícia a combater os criminosos que só buscam arruinar a vida alheira. Faça a sua parte na luta contra essa grupo, denuncie qualquer fato  atentório a paz. Disponibilizamos o disque denúncia através do número 3853-3515, e a página do batalhão no facebook. Contem com a Polícia, pois a PM está sempre com vocês”, concluiu o Tenente Coronel Eduardo Vaz Castelano.

polícia militar 36 bpm


Mais do SFn

SFn