quinta-feira , 21 junho 2018

Polícia encontra corpo de criança que foi espancada pelo padrasto, na Região Serrana Corpo foi enterrado pelo padrasto junto à mãe da vítima no quintal de uma casa

Corpo foi enterrado pelo padrasto junto à mãe da vítima no quintal de uma casa

Foto: Divulgação Polícia Civil e Militar

Policiais encontraram nesta sexta-feira (16/02) o corpo de Mikaelly de Oliveira Ribeiro, de apenas um ano e sete meses. A criança foi espancada e morta há seis meses pelo padrasto.

De acordo com a Polícia Civil, policiais militares, após receberem denúncias, estavam com Raiane de Oliveira Gonçalves que estaria sendo agredida pelo companheiro Janoir Martins Custódio e cuja filha havia desaparecido há mais de 6 meses.

A mulher foi ouvida e informou que conheceu o homem por uma rede social e foi morar com o mesmo em Teresópolis, saindo de Juiz de Fora, sua cidade natal. Ela afirmou que Janoir a agredia e também a sua filha, e que era mantida em cárcere privado.

A mãe relatou que em 4 de agosto de 2017, Janoir espancou e matou a criança. O corpo foi enterrado na presença da mulher no quintal da casa que moravam na época. Raiane disse ainda que não acionou a polícia porque foi ameaçada de morte.

Policiais encontraram a casa onde o corpo fora enterrado e equipes do Corpo de Bombeiros localizaram os restos mortais da criança. O padrasto e a mãe de Janoir, que moravam na casa quando ocorreu o crime, foram ouvidos e a polícia investiga a participação dos dois no caso. Raiane e Janoir permaneceram presos.


Mais do SFn