Polícia Federal deflagra operação contra desvios de verbas da saúde em Nova Friburgo Operação "Carona de Duque" investiga esquema criminoso responsável por fraudes na compra de medicamentos da prefeitura da cidade, tendo sido levantado um prejuízo aos cofres públicos de mais de R$ 600 mil reais

Operação "Carona de Duque" investiga esquema criminoso responsável por fraudes na compra de medicamentos da prefeitura da cidade, tendo sido levantado um prejuízo aos cofres públicos de mais de R$ 600 mil reais

O Ministério Público Federal (MPF), a Polícia Federal (PF) e a Controladoria Geral da União (CGU) deflagraram uma operação, nesta quarta-feira (22/01), contra um grupo suspeito de envolvimento em fraudes na compra de medicamentos na Prefeitura de Nova Friburgo. Foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão, em residências de empresários e agentes públicos ligados ao esquema, nos municípios do Rio de Janeiro, São Gonçalo, Niterói e Nova Friburgo, com a participação de vários policiais federais e servidores da Controladoria Geral da União.

De acordo com a Polícia Federal, as investigações foram iniciadas pelo Ministério Público Federal e contaram com a participação da Polícia Federal e da Controladoria Geral da União, tendo sido levantado um prejuízo aos cofres públicos de mais de R$ 600 mil reais. As investigações apontam que o crime é praticado desde 2017 e consiste na contratação irregular de empresa pela prefeitura do município de Nova Friburgo, a qual deixou de fazer uma licitação para aderir a uma ata de preços, que de acordo com o que foi apurado, foi propositadamente superfaturada. Em 2017, o Ministério Público Federal recebeu uma representação formulada por vereadores da cidade que apontaram graves crimes praticados em contratações feitas pela Secretaria Municipal de Saúde ao longo daquele ano.

Mais do SFn