terça-feira , 21 novembro 2017

Polícia investiga de onde partiu tiro que matou filha de PM no Rio Criança foi baleada durante uma perseguição policial na noite de sábado (21); Ela estava em um parquinho de lanchonete

Criança foi baleada durante uma perseguição policial na noite de sábado (21); Ela estava em um parquinho de lanchonete

Fotos: Reprodução/ Facebook

A Polícia Civil está investigando de onde partiu o tiro que matou a pequena Sofia Lara Braga, de apenas dois anos e meio. Ela foi atingida durante uma perseguição policial, enquanto brincava em um parquinho de uma lanchonete na noite deste sábado (21/01), em Irajá, Zona Norte do Rio.

Peritos estiveram no local e viram uma possível marca de onde a bala teria passado. As armas dos policiais militares e do bandido foram apreendidas para análise.

O pai da menina, que também é policial tentou socorrê-la após perceber que ela havia sido atingida no rosto, e os dois foram levados pela viatura da PM até o Hospital Estadual Getúlio Vargas, mas a criança morreu antes de dar entrada na unidade. O corpo de Sofia foi enterrado neste domingo (22) em um cemitério localizado a poucos metros do local do crime.


Mais do SFn