sexta-feira , 9 dezembro 2016
222

Polícia prende suspeito de ter matado ex-prefeito de Macuco

333
Fotos: Reprodução/G1.

Foi preso na manhã desta quinta-feira (10.09), em São Gonçalo, Daniel Aleixo Guimarães, principal suspeito de ter matado o ex-prefeito de Macuco, Rogério Bianchini, com cinco tiros, no dia 30 de abril este ano.

No momento em que foi surpreendido por policiais da Divisão de Homicídios de Niterói, que arrombou a porta, ele estava dormindo em uma casa no bairro Porto da Pedra. Daniel deixou o local algemado. Um computador e um aparelho celular também ficaram apreendidos.

Na época do crime contra Rogério Bianchini, o suspeito estava trabalhando como assessor do vereador Daniel Borges, na Câmara de Macuco, sendo demitido uma semana antes do fato. Segundo a polícia, o crime teve motivação política, e Daniel Guimarães teria sido contratado para cometer o homicídio. Ele também está sendo investigado sobre possíveis participações na mortes de Maurício Bittencourt, outro ex-prefeito macuquense, assassinado em 2006, e de um assessor de Rogério Bianchini.

Em Macuco, policiais civis estão cumprindo mandados de busca e apreensão nas casas do vereador Douglas Spíndola Borges e do Presidente da Câmara Municipal, Frank Monteiro Lengruber, irmão do atual prefeito, Félix Lengruber, além da própria sede da Câmara. Foram apreendidos computadores, laptops e pen-drives, que serão levados para a DH de Niterói, onde a investigação prossegue.

1

SFn