sexta-feira , 20 setembro 2019

Prazo para biometria obrigatória termina em um mês, em Cambuci e Cantagalo Além de suspender o direito de votar, o cancelamento do título impede o eleitor de receber benefícios sociais, como bolsa família, de ser empossado em cargo público, entre outros impedimentos

Além de suspender o direito de votar, o cancelamento do título impede o eleitor de receber benefícios sociais, como bolsa família, de ser empossado em cargo público, entre outros impedimentos

Eleitores dos municípios de Cambuci, Cantagalo, Carmo, Conceição de Macabu, Engenheiro Paulo de Frontin, Sapucaia e Sumidouro devem ficar atentos ao prazo da biometria obrigatória. Eles têm cerca de um mês para realizar o procedimento, que se encerra no dia 22 de setembro. Os sete municípios possuem ao todo 100.759 eleitores e a um mês da data limite, 38.440 ainda não fizeram a biometria e podem ter o título cancelado, ficando impedidos de votar nas eleições municipais do ano que vem. Além de suspender o direito de votar, o cancelamento do título impede o eleitor de receber benefícios sociais, como o bolsa família, de obter passaporte, de ser empossado em cargo público ou de renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo. Também poderá ter dificuldades para obter empréstimos em bancos oficiais e participar de concorrência pública ou administrativa.

O eleitor pode verificar AQUI

se necessita realizar o cadastramento biométrico. Para fazer a biometria, a Justiça Eleitoral recomenda que o eleitor faça o agendamento no site do TRE-RJ (AQUI) ou pela Central de Atendimento Telefônico. Também é possível comparecer diretamente à zona eleitoral do seu município. No momento do atendimento, é preciso levar documento de identificação oficial com foto, comprovante de residência (até três meses de emissão) e o título de eleitor (caso possua). Em Cambuci o cartório eleitoral fica na Rua Maria Jacob, nº 134, anexo ao fórum. Já em Cantagalo fica na Rua Olívia Teixeira da Silva, nº 85, Centro.


Mais do SFn