sábado , 10 dezembro 2016
anna-luiza

Precisando de doações de sangue, menina de nove anos luta contra a leucemia

Anna Luiza luta contra a leucemia há um mês.
Anna Luiza luta contra a leucemia há um mês.

Um anjo que Deus colocou em seus caminhos, assim é descrita pela família a pequena Anna Luiza Almeida Santos, de nove anos. A menina é moradora de Trajano de Moraes e luta há um mês contra a leucemia.

Em entrevista ao SF Notícias, o tio de Anna, Marcos Rangel, contou a história da pequena guerreira. “Anna é uma menina muito inteligente e carinhosa. Ela é muito especial, filha única, ela é praticamente um anjo que Deus botou nos nossos caminhos”.

Até ser diagnosticada com leucemia, Anna passou por vários médicos que a diagnosticavam com sinusite, devido aos sangramentos nasais que apresentava. “Os pais da Anna a levaram no médico no Hospital de Trajano de Moraes, muitos antes dele disseram que era sinusite, mas esse pediu exames detalhados, porque ela estava sem cor e com manchas pelo corpo”, relembra Marcos.

A menina foi levada para Friburgo, onde os exames que indicaram a doença foram realizados e no mesmo dia, Anna foi transferida para o HemoRio e posteriormente para o Hospital Federal da Lagoa, onde está internada na CTI.

Anna Luiza e seus pais. Fotos: Arquivo Pessoal
Anna Luiza e seus pais. Fotos: Arquivo Pessoal

Segundo Marcos, a família está realizando uma campanha de doação de sangue, pois a menina precisa de uma grande quantidade. “Ela precisa tomar 10 plaquetas e o plasma, cada vez que a imunidade dela abaixar. Ela precisa muito de sangue, por isso estamos fazendo essa corrente”. A família não pede um tipo específico de sangue, para que todos que estão precisando possam ser ajudados. “A gente ta pedindo pra todo mundo ir lá, não temos como colocar ônibus pra todo mundo ir, mas se tivesse colocaríamos” afirma o tio de Anna.

Entre lágrimas, Marcos conta: “Hoje a Anna Luísa está sedada. Ontem ela tomou 10 plaquetas de sangue, hoje no estoque só tem três. A gente não sabe se ela vai tomar mais dez hoje ou amanhã. Todos os dias ela faz exame de sangue, as mãozinhas dela, aonde recebeu cateter, as veias não suportam mais, agora ela está tomando pela virilha. Estamos numa batalha muito grande e só vamos sossegar quando ela sair de lá”.

As doações podem ser realizadas somente no HemoRio, localizado na Rua Frei Caneca, nº 8, no centro do Rio de Janeiro. Qualquer tipo de sangue pode ser doado, em qualquer dia da semana. Os doadores devem informar que as doações são para o Hospital da Lagoa e podem enviar o protocolo da doação para os pais de Anna, pelo WhatsApp nos números: (22) 9 – 99059228 (Leandro) ou (22) 9 – 92258959 (Caroline).

SFn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *