quinta-feira , 8 dezembro 2016

Prefeito de São Fidélis quer suspender vale refeição de servidores comissionados

PREFEITURA DE SÃO FIDÉLIS FOTO VINNICIUS CREMONEZ
Fotos: Manuela Escalla

Segundo a nota envida pela assessoria de comunicação da Prefeitura de São Fidélis, a suspensão momentânea do vale refeição, apenas dos servidores comissionados é uma das medidas para enfrentar a crise que atingiu o país.

Além da suspensão do vale, a nota cita outras suspensões, como a redução do horário de expediente e redução de contratos. Ainda de acordo com a assessoria, não haverá redução salarial, primeiro por ser medida inconstitucional, e segundo, por não ser o perfil deste mandatário.

A nota afirma que as medidas são necessárias para se adequar as perdas financeiras, que somente nos seis primeiros meses do ano (de janeiro a junho de 2015), chegaram a R$ 3.793.653,71 (três milhões, setecentos e noventa e três mil, seiscentos e cinqüenta e três reais e setenta e um centavos).

PLENÁRIO DA CÂMARA DE VEREADORESA proposta de suspensão do vale teria sido enviada pelo Prefeito Luiz Carlos Fernandes Fratani, para a Câmara Municipal de Vereadores do município, no último dia 22. Se for aprovado pelos vereadores, a suspensão começa a valer nesta quarta-feira, dia 1 de julho.

“Registramos que se necessário for, novas medidas serão adotadas, mas esperamos que as notícias do próximo semestre sejam melhores. Todavia é obrigação do Chefe do Poder Executivo manter o equilíbrio entre receita e despesa, ou seja governar com seriedade para que não hajam prejuízos aos munícipes”, conclui a nota.

SFn