segunda-feira , 5 dezembro 2016
prefeito-preso-sao-sebastiao-do-alto

Prefeito de São Sebastião do Alto tem mandato cassado

sswfkoedg
Fotos: reprodução Inter Tv

O prefeito de São Sebastião do Alto  teve o mandato cassado em uma sessão no plenário da Câmara Municipal de Vereadores do município. Dos nove vereadores, oito votaram pelo afastamento do prefeito, e um vereador não faltou à sessão.

Para os vereadores, o prefeito Mauro Henrique Chagas cometeu três crimes: receber propina; proceder de modo incompatível com o decoro e a dignidade que o cargo de prefeito exige; e negligenciar na despesa dos bens, rendas e patrimônio do município.

Quem assume a prefeitura de São Sebastião do Alto é a presidente da Câmara, a vereadora Rosangela Amaral (PMDB), que está no cargo desde o dia 20 de março, dois dias após Mauro ser preso em flagrante pela Polícia Federal recebendo R$ 100 mil reais de um empresário em um posto de combustíveis  na BR-101, em Macaé. Mauro responde ao processo em liberdade desde junho.

propina-prefeito-sao-sebastiao-do-altoSegundo a Polícia Federal, ele foi abordado durante o pagamento da propina, exigida por ele mesmo, para que um empresário pudesse começar obras nas áreas de saúde e saneamento no município. O valor representa 10% de duas licitações para a execução dos serviços. O empresário já sabia da operação e colaborou com a Polícia Federal. Os agentes usaram roupas de uma suposta empresa de terraplanagem para fazer o flagrante, cercando o carro do prefeito. O dinheiro foi encontrado dentro de uma bolsa.

Mauro começou o mandato como vice de Carmond Bastos, e assumiu a prefeitura em abril de 2013 quando o prefeito eleito foi afastado após denúncias de irregularidades e a instauração de uma CPI na Câmara de Vereadores. Carmond foi condenado por oito crimes, entre eles, fraudes em dispensa de licitação e aumento do próprio salário, sem lei que autorizasse.

SFn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *