Prefeitura de São Fidélis decreta ponto facultativo devido à greve geral Decreto é para não prejudicar servidores e munícipes por conta de serviços incompletos em vários órgãos nesta sexta-feira (28)

Decreto é para não prejudicar servidores e munícipes por conta de serviços incompletos em vários órgãos nesta sexta-feira (28)

Foto: SECOM

O prefeito Amarildo Alcântara (PR) decretou nessa quarta-feira (26), um decreto de ponto facultativo em serviços públicos da prefeitura de São Fidélis. Visto que muitos órgãos públicos e atividades serão paralisados nesta sexta-feira (28). A prefeitura optou em dar o ponto facultativo para não prejudicar seus servidores e munícipes que necessitariam de serviços que estariam incompletos por não funcionamento de vários órgãos públicos e privados.

A greve geral que divide opiniões pelo país, trata-se de uma reação dos sindicatos às medidas tomadas pelo atual governo federal quanto as reformas previdenciárias e trabalhistas, que para alguns brasileiros é considerada necessária em relação ao déficit do INSS, e para uma grande maioria, enxergada como incoerente por aniquilar direitos trabalhistas.

Em toda região, bancários irão aderir a greve, assim como há possibilidade dos rodoviários também paralisarem os serviços da categoria. Em São Fidélis a CEDAE já anunciou a adesão, e em Campos, várias universidades e escolas públicas e privadas além de empresas de diversos setores, irão aderir a paralisação. No restante do estado serviços de trens e aeroportos também paralisarão na Capital. Outras prefeituras também anunciaram ponto facultativo, como a de São João da Barra.



Mais do SFn

SFn