sexta-feira , 9 dezembro 2016
PREFEITURA DE SÃO FIDÉLIS FOTO VINNICIUS CREMONEZ

Prefeitura de São Fidélis nega que teria pago R$ 180 mil para cidade receber a tocha olímpica

Cafu2
Desfile de exibição de Cafu com tocha simbólica. O atleta será um dos carregadores. | Foto: SF Notícias.

A Prefeitura Municipal de São Fidélis negou nesta terça-feira (10.05) que teria pago um valor considerado alto para que a tocha dos Jogos Olímpicos Rio-2016 passasse pela cidade. O boato surgiu após uma notícia veiculada na última semana em Ipatinga/MG, informando que três cidades mineiras desistiram de participar do revezamento da tocha por terem que desembolsar pelo menos R$ 180 mil.

Segundo nota enviada pela prefeitura, o contrato com o comitê organizador olímpico não prevê nenhuma remuneração. Os gastos com a participação no revezamento estariam relacionados apenas ao evento que será realizado, e não ao pagamento de taxa. Foi nomeada uma comissão para preparar as ações da passagem da tocha por São Fidélis, que acontecerá no dia 31 de julho. O atleta Cafu e o bombeiro militar Marcos Alecrim serão os carregadores do fogo olímpico na cidade.

Confira na íntegra a nota enviada ao SF Notícias:

O contrato da Prefeitura com a Rio-2016 não prevê nenhuma remuneração pela realização do evento na cidade de São Fidélis.

Os custos do Revezamento da Tocha Olímpica na cidade dependem do tamanho do evento que a cidade pretende realizar.

Em São Fidélis, o Prefeito nomeou uma comissão para organização do evento e esta comissão vai preparar as ações e apresentar os custos ao Prefeito para aprovação ou não.

SFn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *