PREFEITURA DE SÃO FIDÉLIS FOTO VINNICIUS CREMONEZ

Prefeitura e outros serviços públicos paralisarão em forma de protesto, em São Fidélis

Fotos: Manuela Escalla
Fotos: Arquivo SF Notícias/Reprodução.

Na próxima segunda-feira (28.09), a Prefeitura Municipal de São Fidélis e outros serviços públicos que não têm caráter essencial serão paralisados, em forma de protesto contra a queda de arrecadação dos municípios junto à União, deflagrada com a crise financeira que o país vem enfrentando.

A paralisação foi decretada ontem, pelo prefeito Luiz Fenemê, através do Decreto nº 3.291. No texto do documento, ele cita o termo “estrangulamento econômico”, e ressalta que os municípios são os principais prestadores de atendimento e serviços aos cidadãos. O objetivo da paralisação é tentar sensibilizar o Governo Federal e os Poderes da União, para que busquem uma solução imediata para o problema.

São considerados serviços essenciais os que se relacionam com questões de segurança, coleta de resíduos sólidos e atendimento de urgência e emergência de saúde. Estes funcionarão normalmente, de acordo com programação rotineira. O restante dos setores terão suas atividades totalmente paralisadas no dia 28.

Leia o decreto na íntegra:

1

SFn