quinta-feira , 16 agosto 2018
Fotos: Paulo Pinheiro

Presidente do Goytacaz é preso com carro roubado Veículo foi roubado no Rio de Janeiro em 2014, e clonado

Veículo foi roubado no Rio de Janeiro em 2014, e clonado

Fonte Folha da Manhã

O presidente do Goytacaz, Dartagnan Fernandes, foi preso na manhã desta quarta-feira (31), durante operação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no km 62 da BR 101, em Guarus, Campos. Segundo informações da PRF, o dirigente do clube campista estava em um carro roubado. O veículo que Dartagnan dirigia, uma Hillux prata, foi conduzido até a sede da Polícia Federal, onde o presidente do Goytacaz prestou depoimento e foi autuado por receptação e documentação falsa.

De acordo com a PRF, a Hillux, com placa de Muriaé/MG, foi roubada no Rio de Janeiro, em 2014, e clonada. A placa original é de Macaé/RJ. No depoimento, Dartagnan teria dito que comprou o veículo numa agência de Campos. O delegado da Polícia Federal, Paulo Cassiano, não concedeu entrevista à imprensa, mas informações da PRF dão conta que o dirigente de futebol ficará preso, sem direito a pagar fiança.

O advogado do presidente do Goytacaz, Luiz Fellipe Gomes Pinto, se limitou a informar que uma audiência de custódia será realizada ainda nesta quarta. Só após o evento ele concederá entrevista. A assessoria do clube campista foi contatada, mas afirmou que não vai se posicionar sobre o ocorrido, pois trata-se de uma questão pessoal do presidente.

A detenção de Dartagnan Fernandes ocorre no momento mais conturbado da temporada para o Goytacaz. Depois de não ter conseguido vaga na fase principal do Campeonato Estadual, o clube da rua do Gás ocupa a lanterna do Grupo X, na luta contra o rebaixamento, com apenas um ponto conquistado em dois jogos.


Mais do SFn