quarta-feira , 16 agosto 2017

Preso em megaoperação da Polícia Civil em São Fidélis morre no Complexo de Bangu Tiago Mendonça de Barros foi preso na "Operação Apocalipse II", realizada em agosto de 2015

Tiago Mendonça de Barros foi preso na "Operação Apocalipse II", realizada em agosto de 2015

Bigoel foi preso no Morro do Fábio

Morreu nesta quinta-feira (22/06) um dos mais de 20 presos na “Operação Apocalipse II” realizada pela Polícia Civil para desarticular o tráfico de drogas em São Fidélis. Tiago Mendonça de Barros, conhecido como Bigoel, estava internado no Hospital Hamilton Agostinho Vieira de Castro, no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu.

Segundo a  Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP), Bigoel não resistiu a uma infecção. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML). A Seap aguarda laudo cadavérico com a causa mortis oficial do referido.

Bigoel foi preso no dia 27 de agosto de 2015 durante a segunda fase da “Operação Apocalipse”, deflagrada pela Polícia Civil de São Fidélis. Ele foi preso em casa, no Morro do Fabio, na Igualdade. Naquele dia, 150 policiais e 60 viaturas cumpriram os mandados expedidos pelo juízo da 1ª Vara Criminal da Comarca de São Fidélis, a pedido do GAECO. Também foram decretadas 27 prisões preventivas e concedidos 70 mandados de busca e apreensão que foram cumpridos  em residências, estabelecimentos comerciais e em celas de alguns denunciados que já se encontram presos.

Fez algum registro? Mande fotos e vídeos para o nosso WhatsApp (22) 99793-8976. Baixe agora o aplicativo do SFn no seu celular! https://goo.gl/w4WvaY.


Mais do SFn

SFn