segunda-feira , 18 dezembro 2017
Foto: Folha 1

Presos em operação da PF, Rosinha é levada para presídio e Garotinho para quartel dos bombeiros Rosinha foi levada para o presídio feminino de Campos e Garotinho para o quartel dos bombeiros no Humaitá, no Rio

Rosinha foi levada para o presídio feminino de Campos e Garotinho para o quartel dos bombeiros no Humaitá, no Rio

Fotos: Reprodução/ Globo News

O casal de ex-governadores do Estado do Rio de Janeiro, Anthony e Rosinha Garotinho, foram transferidos para presídios no Rio e em Campos dos Goytacazes no início da tarde desta quarta (22/11). Eles foram presos pela manhã em uma operação Polícia Federal.

Anthony foi preso no Rio de Janeiro, onde apresenta o programa “Fala Garotinho”. Ele foi levado para a sede da Polícia Federal na Zona Portuária de onde saiu por volta das 11h sob xingamentos de “bandido” e “corrupto”.

Posteriormente, Garotinho foi conduzido até o Instituto Médico Legal (IML) para fazer exame de corpo de delito. Em seguida, ele foi levado para o quartel dos bombeiros no Humaitá, na Zona Sul. Já Rosinha foi presa em Campos e levada para a sede da Polícia Federal na cidade. Ela foi transferida para o presídio feminino Nilza da Silva Santos.

Segundo a Polícia Federal (PF), eles são acusados da prática dos crimes de corrupção, concussão, participação em organização criminosa e falsidade na prestação das contas eleitorais. O casal faria parte de uma organização criminosa que arrecadava recursos de forma ilícita com empresários para financiar as próprias campanhas e a de aliados, inclusive mediante extorsão. A operação deflagrada hoje teve o objetivo de cumprir nove mandados de prisão e dez de busca e apreensão. Ao todo 50 agentes participam da ação realizada no Rio, em Campos e em São Paulo.

 


Mais do SFn