sexta-feira , 22 novembro 2019

‘Primaverão’: Estações do Inmet registram recorde de calor em Cambuci, Campos, Macaé e Madalena Termômetros também marcaram 40°C em São Fidélis; Maiores temperaturas da primavera foram registradas na tarde e noite desta terça (05)

Termômetros também marcaram 40°C em São Fidélis; Maiores temperaturas da primavera foram registradas na tarde e noite desta terça (05)

Com o sol forte e o vento quente soprando constantemente, segundo a Climatempo, o estado do Rio de Janeiro esquentou demais nesta terça-feira (05/11). Em vários municípios, as temperaturas máximas chegaram aos 40°C, batendo recorde de calor nesta primavera. As temperaturas subiram devido à aproximação de uma frente fria: o ar quente que está num local é pressionado pelo ar polar que vem com a frente fria. Essa pressão sobre o ar que já está quente causa um aquecimento ainda maior, e o calor antes da chegada do ar polar da frente fria é chamado de “calor pré-frontal”. Estações oficiais do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) registraram recordes em Campos dos Goytacazes, onde a máxima foi de 40°C às 17h; Em Cambuci, 40°C entre 18 e 19h; Macaé registrou 40.2°C às 16h; na região de baixada de Salinas, em Nova Friburgo o calor foi de 31.5°C às 19h e em Santa Maria Madalena a máxima chegou a 35.5°C.

Em outros municípios do Norte/Noroeste Fluminense, que não possuem estações oficiais para registro de temperatura, o calor também foi intenso. Termômetros localizados no Centro de São Fidélis registraram 40°C na tarde desta terça (foto acima). A temperatura também chegou aos 40°C em Itaocara. Com o avanço da frente fria, o tempo já começou a mudar e o dia amanheceu nublado em algumas áreas. Ao longo do dia, áreas de instabilidade se formam e a chuva se espalha por todas as regiões fluminenses. Há risco de chuva forte, segundo a Climatempo. O ar deve refrescar a partir da noite desta quarta (06).

Mais do SFn