quinta-feira , 12 dezembro 2019

Procura aos postos de vacinação contra a gripe foi baixa

Foto: Manuela Escalla
Foto: Manuela Escalla

Com o slogan “Contra a gripe, seu escudo é a vacinação”, o Ministério da Saúde iniciou a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. No Estado do Rio, serão mobilizados 1,5 mil postos de saúde nos 92 municípios. A meta estipulada pelo Ministério da Saúde é vacinar 80% dos grupos prioritários, um percentual que representa 4,1 milhões de pessoas.

Até o dia 22 deste mês, a campanha vai imunizar contra os três subtipos de vírus da gripe que mais circularam no último inverno: A/H1N1 (gripe suína); A/H3N2 e influenza B. Os postos fluminenses vão vacinar gestantes, mulheres puérperas (com até 45 dias do parto), pessoas com mais de 60 anos, crianças com entre seis meses e cinco anos de idade, portadores de doenças crônicas, entre outros grupos.

Hoje foi realizado o Dia D, dia de mobilização nacional em que os postos permaneceram abertos para atender quem não consegue se dirigir às unidades durante a semana. Em São Fidélis, as unidades de saúde da área urbana e da zona rural, ficaram abertas das 8 às 17 h, mas a procura pela vacina, não foi tão grande como se esperava.

Para quem não conseguiu ir até um posto de saúde neste sábado, a campanha continua até o dia 22 em todo o Brasil.

Foto: Arquivo

Mais do SFn