quinta-feira , 8 dezembro 2016
delegacia pádua 8

Procurado por homicídio se entrega à polícia em Pádua

corpo 156
Fotos: Vinnicius Cremonez / leitor

Procurado pelas Polícia Civil e Militar de Santo Antônio de Pádua, desde o homicídio ocorrido em 16 de agosto desse ano no município, o principal suspeito pelo crime se entregou na tarde deste sábado (12).

Homem é morto durante briga em Santo Antônio de Páduapresídio itaperuna 1

Carlos Luiz de Almeida Guimarães, de 39 anos, conhecido como “Baiano”, é acusado de matar Aroldo Salvino da Silva, de 41 anos, com um golpe de facão na cabeça. O crime aconteceu no distrito de Campelo, que fica próximo a Paraoquena. Segundo informações de populares, tudo começou com uma briga, que seria motivada por ciúme. No dia seguinte, Carlos foi detido e encaminhado para a delegacia de Pádua, mas como a justiça ainda não tinha analisado o caso e nem expedido o mandado de prisão, ele foi liberado. Ao saber que estava sendo novamente procurado pelo crime, Carlos foi até a delegacia e se entregou. Ele já foi transferido para Casa de Custódia de Itaperuna.

Aroldo havia registrado um boletim de ocorrência horas antes de ser morto, alegando que estava sofrendo ameaças de morte por parte de Carlos. Em seu depoimento, Carlos contou que tudo começou quando ele encontrou marcas de escada no terreno de sua casa, e que segundo ele, as marcas foram deixadas por Aroldo, que pulava o seu quintal.

homicidio campeloNa noite do crime, Carlos disse que Aroldo foi até o portão de sua casa, provavelmente para pegar algo, e que ele não permitiu sua entrada, iniciando ali, uma discussão que se estendeu por mais 50 metros, percurso em que Aroldo correu tentado fugir, mas foi atingido com um golpe na cabeça, e não resistiu aos ferimentos.

Segundo o acusado, a vítima teria lhe ameaçado de morte, dizendo que ia lhe dar uma foiçada; foi ai que Carlos pensou em matar Aroldo. “Antes que ele me mate, vou lhe matar”, disse o acusado em depoimento, onde também afirmou que ameaçou sua companheira de morte.

Carlos possui passagem por latrocínio, roubo seguido de morte ocorrido em 2001 na cidade de Bicas, em Minas Gerais.

delegacia pádua 5

SFn