terça-feira , 25 julho 2017

Professores de escola de Aperibé iniciam segunda paralisação no mês

2
Fotos: Divulgação.

Os professores da Escola Municipal Casimiro Moreira da Fonseca, de Aperibé, entrarão em greve pela segunda vez neste mês. Eles reivindicam o repasse de 11,36% do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica (FUNDEB) de 2016 e a aplicação do plano de carreira da categoria, votado em 2009.

A primeira paralisação aconteceu nos dias 02 e 03. Após negociação, o prefeito do município, Flávio Diniz Berriel, decidiu repassar 13,01% do FUNDEB, referentes ano de 2015. A quantia deverá ser paga no fim deste mês. Porém, insatisfeitos com a falta de um acordo pelas outras reivindicações, os professores farão uma nova paralisação, que se inicia nesta segunda-feira (09.05).

Segundo uma das professoras da escola, que fala em nome do grupo que aderiu a nova paralisação, foi divulgado que os professores teriam recebido um aumento fruto de “luta dos vereadores”, quando na verdade houve apenas um reajuste do repasse do FUNDEB. Ela citou ainda que a escola sofre com falta de materiais como folhas, xerox e canetas para quadro, que são comprados com dinheiro dos próprios professores.



Mais do SFn

SFn