sexta-feira , 14 dezembro 2018

“Projeto Mobilizar”, desenvolvido por professor do IFF de Pádua, é premiado no Crea-RJ Premiação reconhece produções acadêmicas contribuindo para a criação tecnológica e inovadora de produtos, processos e serviços para a sociedade brasileira

Premiação reconhece produções acadêmicas contribuindo para a criação tecnológica e inovadora de produtos, processos e serviços para a sociedade brasileira

Fotos: Divulgação

Pensando em ajudar quem precisa de uma cadeira para se locomover, o professor de Automação Industrial do Instituto Federal Fluminense (IFF) de Santo Antônio de Pádua, Igor Zanata, criou o “Projeto Mobilizar”, que pretende motorizar cadeiras de rodas convencionais. Em setembro o projeto desenvolvido pelo professor foi destaque aqui no SF Notícias, e ganhou teve uma grande repercussão.

O trabalho desenvolvido pelo professor junto a cinco alunos receberá o Prêmio Crea-RJ de Trabalhos Científicos e Tecnológicos. O objetivo da premiação é valorizar, reconhecer e divulgar a produção acadêmica das áreas da Engenharia, Agronomia, Geologia, Geografia e da Meteorologia, contribuindo para a criação tecnológica e inovadora de produtos, processos e serviços para a sociedade brasileira.

O tema desta edição foi Inovação e Desenvolvimento com Sustentabilidade e Equidade Social e o projeto do professor se encaixou perfeitamente. A sustentabilidade fica por conta do uso de peças de bicicleta elétrica usadas, já que com peças recicladas, o custo cai em até 75%. Já a proposta de montar em larga escala e realizar a doação aos cadeirantes necessitados contribui no direito de ir e vir, já que muitos não têm condições de comprar uma cadeira motorizada, que custa em média R$ 7 mil.

A premiação acontecerá no dia 12 de dezembro no Clube de Engenharia, no Rio de Janeiro. Ao todo, 90 trabalhos de todo o Estado foram inscritos no prêmio, entre eles de instituições em Campos, Nova Friburgo, Cabo Frio, entre outras. Conheça o “Projeto Mobilizar” AQUI.


Mais do SFn