sexta-feira , 18 outubro 2019

Promessa política? DER ainda não tem prazo para início de obras na RJ-192 entre São Fidélis e Itaocara Em junho o presidente do DER-RJ disse que a obra foi incluída no calendário de prioridades para este ano, mas até agora a rodovia continua em estado crítico

Em junho o presidente do DER-RJ disse que a obra foi incluída no calendário de prioridades para este ano, mas até agora a rodovia continua em estado crítico

Imagens: arquivo

O Departamento de Estradas e Rodagem (DER-RJ), que manteve por anos e anos abandonadas rodovias do estado, começou neste ano, a fazer obras em diversas rodovias. O órgão também fez a promessa de recuperar a RJ-192, rodovia que liga os municípios de São Fidélis e Itaocara. A promessa de obra foi feita em junho, mas até agora, nada mudou. A situação da rodovia é tão crítica que nem o chamado tapa-buracos ameniza a situação, fato confirmado pelo presidente do órgão, Uruan Cintra de Andrade. “Nessa RJ, não é nem mais o caso de se tapar buracos somente. Faremos obras de recapeamento com asfalto frio. É uma obra prioritária para a região”. A RJ-192 possui cerca de 27 quilômetros e foi considera uma das piores rodovias de todo o estado nos últimos cinco anos em uma pesquisa da Confederação Nacional do Transporte (CNT) e do Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Sest Senat). (continua após o vídeo)

O SF Notícias já mostrou por diversas vezes a situação caótica da rodovia. Crateras, carros invadindo a contramão para tentar desviar pelo menos dos buracos maiores e diversas outras situações sofridas por quem precisa passar por essa rodovia. Além de ser uma importante via de escoamento de produção rural para os agricultores de São Fidélis, Itaocara e outras cidades da região, a RJ-192 também recebe um grande fluxo de carretas e caminhões que vão em direção as fábricas de cimento na Região Serrana, ou fazem o caminho inverso. Seu estado geral, pavimentação e geometria foram considerados ruins. Já a sinalização foi considerada péssima. O pior trecho fica entre os distritos de Colônia e Cambiasca.

Em alguns trechos os motoristas usam a contramão para escapar das enormes armadilhas formadas ao longo da pista. A falta de acostamento e segurança também preocupam os usuários da rodovia. Em junho, o presidente do Detran disse que as obras começariam nos próximos meses, mas o órgão não informou quando de fato as obras começam e nem prazo de conclusão delas. Também não informou quanto será investido, mas disse que a obra de recapeamento da RJ-192 com asfalto frio foi incluída no calendário de prioridades do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ) para este ano. Procurado pelo SF Notícias, o Detran informou que no momento não há informações para passar sobre obras na rodovia.

Mais do SFn