sexta-feira , 6 dezembro 2019

Público de Videogames amadurece e mercado se amplia

Fotos: Reprodução
Fotos: Reprodução

Quem pensa que vídeo game é brincadeira de criança está muito enganado, o mercado dos jogos eletrônicos tem crescido a cada ano em todo o mundo e os marmanjos, são os responsáveis por isso.

Pelo fato dos videogames terem surgido para crianças, existe um preconceito com os adultos que se divertem jogando, pois para essas pessoas videogame não é coisa de adulto. Segundo uma enquete realizada no Fórum UOL Jogos, 61% dos 318 usuários que participaram acreditam que embora o preconceito contra jogos eletrônicos e jogadores estejam em queda, ele ainda existe. A segunda opção mais votada foi a de que os games ainda são considerados brinquedos para crianças por muita gente, e que o preconceito ainda é predominante, com 31% dos votos.

Um fator que pode ter favorecido esse amadurecimento da faixa etária dos ‘’players’’ no mundo todo, pode ser o fato de que muitos quando eram crianças não tinham condições de comprar um console, ou até mesmo de adquirirem uma boa variedade de jogos, e agora que são adultos e independentes financeiramente, aproveitam para correr atrás do tempo perdido.

Em relação aos autos valores deste hobby,  jogos para Xbox 360/ One e Playstation 3/ 4 são vendidos quando lançados na faixa de R$ 180,00 a R$ 250,00.

Os jogos hoje em dia são divididos por faixa etária, como nos filmes que alugamos ou assistimos no cinema, um exemplo que mostra muito bem o crescimento dos adultos envolvidos no mundo virtual dos games é o GTA 5, que é proibido para menores de 18 anos, outros jogos também são proibidos para menores como: Metal Gear Rising, Dead island, God Of War, Call Of Duty e outros.

Por fim, podemos notar, que hoje muitos pais, estão jogando videogame junto com seus filhos, podendo se divertir e ao mesmo tempo monitorar a quantidade de horas que seu filho joga, e a faixa etária dos jogos.

Mais do SFn