quarta-feira , 19 dezembro 2018

Quase quatro anos depois, escola de Colônia permanece demolida

ESCOLA COLONIA 4
Fotos: Vinnicius Cremonez / Reprodução

Demolida em julho de 2012 para passar por obras de reconstrução e ampliação, a Escola Municipal Albertino Nascimento, única escola de Colônia, quarto distrito de São Fidélis, até hoje não foi reerguida.

Na época a secretária de educação Lígia Assumpção que hoje não ocupa mais o cargo, disse que a unidade foi demolida por não ter mais condições de atender os estudantes.

ESCOLA COLONIA 2No terreno onde funcionava a unidade há quase quatro anos, ainda encontramos entulho, madeiras, muita terra e mato alto, sinal de que nada foi feito além da demolição.

Na época em que a escola foi demolida, o procurador geral do município, Rodrigo Stellet, alegou que a obra estava parada devido um problema na documentação, por causa da desapropriação do espaço.

escolaCom a intenção de não prejudicar os estudantes do distrito, todos foram removidos para um imóvel, onde na parte de baixa funcionava um estabelecimento comercial, e na parte superior, uma residência, além de uma outra residência que pertence ao mesmo imóvel. Segundo pais de alunos, um local que mais parecia um chiqueiro do que uma escola, com espaço apertado e tapumes servindo como paredes para dividir as salas de aula. Quando chovia o espaço ficava alagado.

Depois de muitas reclamações e de matérias publicadas em veículos de comunicação da região, em 2014 os estudantes foram transferidos para outros dois imóveis, dessa vez, quase ao lado de onde funcionava a antiga escola.

ESCOLA COLONIA 5Durante o tempo em que nossa equipe permaneceu em frente ao espaço onde existia uma escola, um homem se identificou como representante da prefeitura no distrito. Segundo o mesmo, funcionários da empresa que deverá realizar a obra, estiveram no mês de janeiro visitando o local, e pediram para que ele arrumasse homens para trabalhar na obra.

Nossa equipe foi até o novo espaço, que se comparado com o imóvel anterior, a situação melhorou, mas ainda não é um ambiente escolar que os estudantes esperam. Fomos recebidos pelos atuais diretores da escola, que não quiseram gravar entrevista e nem falar dos problemas antigos da unidade, mas conversaram com nossa equipe sobre a situação atual.

ESCOLA COLONIA 8Segundo os diretores, embora o espaço não seja adequado para uma escola, eles estão fazendo o possível para fazer com que os 220 alunos se sintam em uma escola. Vários móveis novos foram comprados, assim como ar-condicionado, e diversas atividades recreativas estão sendo realizadas, como brincadeiras e passeios. A unidade também ganhou uma sala de vídeo.

ESCOLA COLONIA 3Um morador vizinho do espaço onde funcionava a escola, informou a nossa equipe que o problema na justiça, se deve a desapropriação de uma residência que existia ao lado da antiga escola, para que a unidade fosse ampliada.

Em 2013 a prefeitura de São Fidélis alegou que a obra avaliada em mais de R$ 1,7 milhão(um milhão e setecentos mil reais), seria retomada e ficaria pronta em setembro daquele ano, mas já estamos em fevereiro de 2015, e até agora, o projeto não saiu do papel.

ESCOLA COLONIA 7


Mais do SFn