quarta-feira , 20 setembro 2017

Quatro pessoas detidas em São Fidélis por suspeita de compra e venda de voto

Foto: Arquivo
Foto: Arquivo

Quatro pessoas foram detidas durante um cumprimento de mandado de busca e apreensão expedido pelo juiz da comarca de São Fidélis na tarde desta quarta-feira(01).

Segundo os agentes, a ação foi realizada para averiguar denúncias de venda e compra de votos em um estabelecimento comercial na Av. Emígdio Maia Santos, no bairro Vila dos Coroados, onde o proprietário do local, disse que os votos seriam em favor do Deputado Estadual que disputa a reeleição Thiago Pampolha do PTC.

Ainda segundo os agentes foram detidos o proprietário de um salão de cabeleireiro, identificado como Paulo Henrique de Souza, onde os votos estariam sendo comprados, o proprietário de uma papelaria ao lado do salão, e duas pessoas que estavam vendendo os seus votos.

Os mesmos foram encaminhados para o Fórum no centro da cidade, de onde foram transferidos para a delegacia da Polícia Federal em Campos. Entre os detidos está uma senhora de aproximadamente 70 anos. Paulo Henrique foi preso enquadrado no artigo 299 lei 4737/65 – Dar, oferecer, prometer, solicitar ou receber, para si ou para outrem, dinheiro, dádiva, ou qualquer outra vantagem, para obter ou dar voto e para conseguir ou prometer abstenção, ainda que a oferta não seja aceita: Pena – reclusão até quatro anos e pagamento de cinco a quinze dias-multa. Os outros detidos foram ouvidos e liberados em seguida.

Segundo informações de policiais que participaram da ação, embora o proprietário do estabelecimento tenha afirmado que os votos seriam para o deputado, nenhum documento ou material de campanha de Thiago foi encontrado no local.

A ação aconteceu em uma operação conjunta entre homens da 4º Companhia de Polícia Militar e de agentes do Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Ao todo foram apreendidos R$ 1.189,00  reais em espécie, 45 xerox de título de eleitores, além de 1.500 panfletos de outro candidatos.

Nossa redação entrou em contato com o responsável pela campanha do deputado Thiago Pampolha em São Fidélis. Segundo José Marcio nenhuma cédula e nenhum material do candidato foi encontrado na ação. Ainda de acordo com José Marcio o candidato sempre fez uma campanha limpa, e inclusive em uma caminhada realizada hoje no município.


Mais do SFn

SFn