Quem faz e acontece!

São Fidélis tem sido palco de uma retomada cultural, o que inclusive já foi tema de um dos nossos encontros semanais, revivendo os talentos e garimpando outros nomes.

Dentre eles, damos destaque hoje, ao amigo Jean Oliveira, Diretor do Grupo Esquálidus e que já protagonizou grandes eventos culturais no município.

Em um bate papo, descobrimos novos projetos e a satisfação em fazer parte desse novo ar cultural que a Cidade Poema respira.

Coluna – Jean, satisfeito com o resultado de Pluft, o fantasminha?

Jean – “Muito! Pluft foi o maior sucesso!

Eu já sabia que as crianças se identificariam de cara com a historia de Maria Clara Machado, Pluft é muito atual.

helma_002

O medo era com as adaptações que eu queria fazer. Queria um Pluft diferente, de toquinha, sem lençóis e de carinha branca, mas com muito medo de exagerar. Apostei na maquiagem meio CIRCO DE SOLEIL bem colorido e um figurino glamoroso para os fantasma e muita comédia ação e funk. Fiquei com muito medo de não dar certo, de o povo sair falando que estava um carnaval e assustar as crianças, mas enfim as crianças amaram e os adultos também… (risos)”!

Coluna – Você veio de uma época onde o teatro tinha uma força muito grande, inclusive participou do sucesso, A PARTILHA! Há um projeto para uma reedição da peça?

Jean – “Olha os meninos estão no maior gás para remontar “A Partilha”. Chegamos a ensaiar e fazer leitura do texto. Só com a estréia de PLUFT, chegou o final do ano, então deixamos para o primeiro semestre do ano que vem.”

Coluna – Você acredita que São Fidelis, esta vivendo uma reanimada cultural?

Jean – “Acredito que sim, espero que o povo de mais valor a cultura de São Fidélis. O secretário de Cultura fez teatro à vida toda, sabe como é difícil fazer cultura na nossa cidade. Ele chega junto dando  maior incentivo a galera que quer fazer.

São Fidélis tem um pessoal legal que sabe fazer e quer fazer e o povo fidelense gosta de teatro!

São Fidelis esta no circuito estadual de teatro sempre esta acontecendo espetáculos de companhia de fora: Rio, São Paulo. Estamos no momento bom para cultura fidelense  e na hora dos artistas da cidade ter um espaço para se apresentar .

Coluna – Pluft foi um grande sucesso, tanto para o publico infantil, quanto para o adulto. Qual foi a maior experiência?

Jean – “Foi lidar com um grupo, contando o elenco e a produção, era um número legal de pessoas”. Muita informação o tempo todo. A galera com muita vontade de fazer, jeanacontecer e dar certo. A cada ensaio era uma surpresa:  improvisos, gargalhadas… Tive sorte de reunir um elenco muito talentoso, onde todos conseguiram dar a vida a seus personagens com muito trabalho, foram seis meses de ensaio. Partindo que ninguém estudou artes cênicas.  Faz por amor, instinto. ”

Coluna – O elenco lançou carinhas novas e de muito talento.  Já tem novos projetos em mente?

Jean – “Estamos lendo, pesquisando uns textos para montarmos no ano que vem ,optamos por infantil, “Maroquinhas Fru-Fru”  de Maria Clara Machado e “A Família Addams”. Vamos ver o que o grupo decide.

O grupo Esquálidus, aproveita a oportunidade para agradecer a Secretaria Municipal de Cultura, Assessoria de Eventos, Secretaria Municipal de Comunicação, Colégio Estadual de São Fidélis, Rádio 93.9 FM, aos patrocinadores, ao público que lotou o Salão Nobre do CESF, e a todos que acreditaram em nosso trabalho!”.

A nossa coluna deseja todo o sucesso ao nosso amigo Jean Oliveira e ao Grupo Esqualidus, como também a todos os artistas da nossa Jóia Rica do Brasil, que mantém viva a tradição cultural da Cidade Poema!

Mais do SFn