quinta-feira , 8 dezembro 2016
porto do açu novo 12

Receita Federal aprova alfandegamento do Terminal de Petróleo do Porto do Açu

porto do açu

O Terminal de Petróleo (T-OIL) do Porto do Açu, desenvolvido em parceria pela Prumo e a alemã Oiltanking, recebeu no dia 10 a aprovação da Receita Federal para alfandegamento. O terminal tem 20,5 metros de profundidade, 1.423,50 metros de cais e mais de 70 mil metros quadrados de área total.

Com operação prevista ainda para este mês, o terminal poderá realizar simultaneamente três operações de transbordo entre navios atracados a contrabordo, conhecida como ship-to-ship. Inicialmente serão utilizados navios Suezmax e, partir de 2018, com a dragagem do canal para até 25 metros, o porto poderá receber navios VLCCs, que carregam até 320 mil toneladas.

O primeiro cliente do terminal é a Shell, que assinou contrato para movimentar, a partir deste mês, 200 mil barris por dia, pelo período de 20 anos. O terminal tem capacidade para movimentar 1,2 milhão de barris por dia.

O T-OIL, terminal construído em área abrigada por quebra-mar, possibilita uma operação segura, rápida e eficiente, com redução de custos para os clientes, o que aumenta a competitividade do petróleo brasileiro. Além disso, a operação no Porto do Açu reúne características de alto nível que oferecem atendimento de qualidade para toda a indústria de óleo e gás.

SFn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *