quinta-feira , 8 dezembro 2016
Delegacia de Friburgo

Recém-nascida é encontrada morta no lixo, em Nova Friburgo

delegacia friburgo 2
Fotos: Arquivo SF Notícias.

Uma bebê recém-nascida foi encontrada morta na manhã de sexta-feira (17.07), na Empresa Brasileira de Meio Ambiente, que é responsável pela coleta do lixo em Nova Friburgo. O local funciona no bairro Córrego D’antas, às margens da RJ-130. A bebê, que estava dentro de um saco de lixo preto, ainda presa com o cordão umbilical, foi achada por uma catadora, que ficou chocada ao ver a bebê dentro do lixo. Ela preferiu não se identificar.

– Quando jogaram a segunda remessa de lixo, abri alguns sacos e, em um deles, vi a bebezinha. Quase morri. Eu fiquei muito emocionada. Eu estou muito chocada. Tanta gente querendo ter um filho e tem gente jogando fora. Ela estava toda perfeitinha, muito bonitinha. – disse a funcionária da EMBA.

Poucas horas após a bebê ser encontrada, o 11º Batalhão de Polícia Militar iniciou as investigações. Durante o inquérito, os policiais analisaram as ruas em que o caminhão de lixo passou naquele dia. Dessa maneira, eles chegaram a uma suspeita na Rua Piauí, no bairro Olaria. No dia anterior ao fato, a mulher, que foi tida como suspeita, estava grávida. Inicialmente ela disse desconhecer a bebê, alegando que tinha um cisto na barriga e que havia expelido-o em casa. Porém, após várias indagações, acabou confessando o crime contra a recém-nascida.

Marina Damas Ferreira, de 25 anos, contou que teve o bebê em casa, colocou em um saco plástico e o levou até uma lixeira. Quando o caminhão passou para recolher o lixo, acabou conduzindo o bebê para a EBMA. O caso foi registrado na 151ª Delegacia Policial. Marina responderá por prática de infanticídio.

SFn