quarta-feira , 16 janeiro 2019

Responsável por grandes operações, Dr. Rodrigo Maia deixa a delegacia de São Fidélis Operações marcaram a cidade, inclusive com a prisão de um vereador. Na frente da delegacia, Rodrigo Maia recebeu várias homenagens, e até o título de cidadão fidelense

Operações marcaram a cidade, inclusive com a prisão de um vereador. Na frente da delegacia, Rodrigo Maia recebeu várias homenagens, e até o título de cidadão fidelense

Fotos: SF Notícias

Nos últimos anos o município de São Fidélis ficou marcado por grandes operações realizadas pela Polícia Civil para prender bandidos, traficantes, acusados de homicídios e até políticos. Ações realizadas pela Polícia Civil através do delegado Rodrigo Vinicius Andrade Maia, que comandou a 141ª Delegacia Legal da “Cidade Poema” desde 2013. Ele assumiu a delegacia definitivamente em janeiro de 2014.

Nesses anos Rodrigo Maia desencadeou operações como a Apocalipse I e II, para prender traficantes, operações para prender acusados de homicídios, a operação Amicus Curiae I e II, que prendeu o vereador Marcos Antônio de Magalhães Gonçalves, conhecido como “Marcão”, e outras pessoas acusadas de fraudes de licitações e dispensas ilegais de licitações na Câmera de Vereadores, a Operação Piraí com o objetivo de fechar uma casa de prostituição e operações para prender bandidos acusados de roubos e assaltos dentro da cidade e na RJ-158. 

Também foram realizadas a Operação Gás Legal, para combater a venda irregular de botijões de gás de cozinha, e a Operação Presença, com o objetivo de impedir a entrada de armas e drogas na cidade durante a festa do padroeiro. Em 2014 o delegado realizou o evento “São Fidélis Mulher”, com o objetivo de promover a prevenção e o combate à violência doméstica contra a mulher, que lotou a antiga Praça do Centro. A Operação Apocalipse foi uma das maiores operações já realizada no interior do Estado do Rio, sendo a maior da história da cidade. A ação contou inclusive com um helicóptero da Polícia Civil.

Em 2013, Dr. Rodrigo Maia recebeu a Medalha Fidelidade, por ter se destacado ao longo daquele ano a frente da delegacia de São Fidélis, sendo o único delegado da região a receber o prêmio que é dado aos delegados e policias civis que se destacam nas delegacias do estado. No ano seguinte ele recebeu o Título de Cidadão Fidelense. Dr. Rodrigo também recebeu um diploma de honra ao mérito dado pela Câmara de Vereadores.

O delegado agora vai assumir a 143ª Delegacia Legal de Itaperuna. Quem assume a delegacia de São Fidélis é o Dr. Carlos Augusto G. Da Silva, que estava na 145ª Delegacia Legal de São João da Barra.

Um pouco de sua história 

Rodrigo Vinicius Andrade Maia se formou em direito na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), e desde o começo da faculdade já pensava em ser delegado de polícia no Rio de Janeiro. No sétimo período da faculdade parou de trabalhar e apenas continuou a estudar, e no terceiro mês após o termino da formação já estava trabalhando como delegado no Estado de Minas Gerais onde ficou por dois anos, mas ainda continuava estudando. Depois desse período passou para a prova de delegado em Goiás onde trabalhou por aproximadamente um ano; depois foi trabalhar no Rio Grande do Norte, até que saiu a prova para o Rio de Janeiro e então começou a trabalhar em nossa região, atuando como delgado adjunto da 134ª em Campos até vir para a 141ª em São Fidélis.


Mais do SFn