Rio Muriaé continua subindo em Italva e BR-356 é parcialmente interditada Trecho da rodovia que passa pelo Centro do município começou a ser inundado; há 100 pessoas entre os desabrigados e desalojados. Abastecimento de água deve ser interrompido a qualquer momento, já que a sede da Cedae também está alagada

Trecho da rodovia que passa pelo Centro do município começou a ser inundado; há 100 pessoas entre os desabrigados e desalojados. Abastecimento de água deve ser interrompido a qualquer momento, já que a sede da Cedae também está alagada

Fotos: Italva em Foco

O Rio Muriaé continuou subindo em Italva nas últimas horas e o centro comercial do município também foi inundado. Segundo a Defesa Civil, a cota de transbordo na cidade é de 4.15, e o rio já está em 5.32. Após às 17h, o rio subiu mais treze centímetros. Segundo o secretário de Defesa Civil, Vanderlei Pereira Alves, os bairros atingidos até o momento são: Parque Industrial, Saudade, Boa Vista e o Centro. A água do Rio Muriaé já tomou conta de parte do trecho urbano da BR-356. Ainda segundo o secretário, há pelo menos 100 pessoas entre desabrigados e desalojados. (continua após a foto)

“Defesa Civil em estágio de ALERTA MÁXIMO pois ainda tem mais água para chegar nas próximas horas! Em caso de emergência ligue: 199 ou 27835000”, diz a postagem feita na página da Prefeitura do município. A Prefeitura pede ainda que os moradores economizem água. “Devido a alagamentos na Cedae de Italva e por segurança, o abastecimento de água na cidade está em 50%, podendo ser interrompido a qualquer momento, visto que existe a possibilidade do nível do Rio Muriaé subir nas próximas horas. Portanto economize água e evite o desperdício!”. No município vizinho, Cardoso Moreira, o rio está em 9,20 metros. A cota de transbordo na cidade é de oito metros, ou seja, o rio está 1.20 m acima da cota de transbordo. Cerca de 45 famílias estão desalojadas/75 pessoas e dez desabrigadas/40 pessoas (reveja AQUI).

Mais do SFn