segunda-feira , 17 fevereiro 2020

Rio Pomba volta ao leito normal em Pádua; ruas não estão mais com água e famílias voltam para as casas A cota de transbordo na cidade é de 5 metros, e o nível do rio subiu um metro e seis centímetros acima dessa cota; prefeitura decretou situação de emergência

A cota de transbordo na cidade é de 5 metros, e o nível do rio subiu um metro e seis centímetros acima dessa cota; prefeitura decretou situação de emergência

O nível do Rio Pomba segue baixando e voltou ao seu leito normal em Santo Antônio de Pádua, no Noroeste Fluminense. Segundo o secretário de Defesa Civil do município, Otony Faria, desde às 11h da manhã deste domingo que o nível do rio parou de subir, e começou a baixar na parte da tarde. Segundo o sistema de alerta de cheias do Instituto Estadual do Ambiente, o nível chegou aos 6.06 metros ontem. Na última medição, o nível estava em 4.32 m, sendo que a cota de transbordo é de 5 metros. Um morador de Pádua, o Felipe Sião, fez algumas imagens áreas mostrando a inundação e cedeu ao SF Notícias. Em uma coletiva, o Prefeito de Pádua, Josias Quintal, informou que o município decretou situação de emergência. Segundo a Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social de Pádua, cerca de 100 famílias ficaram desalojadas ou desabrigadas, mas elas já começaram a voltar para suas casas. Técnicos e servidores da secretaria estão nas ruas atendendo as famílias afetadas nesse momento. (continua após o vídeo)

Antes mesmo do rio transbordar a Defesa Civil e a Prefeitura vinham alertando a população dos bairros atingidos para que retirassem seus móveis e pertences pessoais para que ninguém tivesse alguma perda. O Hospital Municipal Hélio Montezano, que fica em uma área afetada, foi esvaziado; todos os pacientes foram transferidos para hospitais de outras cidades e os equipamentos foram retirados. Equipamentos também foram retirados dos prédios públicos da prefeitura que ficam em locais afetados. A Defesa Civil chegou a colocar um carro de som para percorrer as localidades que poderiam ser afetadas pela cheia alertando os moradores. Outro vídeo aéreo que circula nas redes sociais mostra várias ruas inundadas na cidade. As imagens (veja o vídeo abaixo) foram feitas pelo Saulinho Nascimento. (continua após o vídeo)

Ruas dos bairros Aeroporto, Cidade Nova, Cehab, Beira Rio, Carvalho, Mirante e Centro ficaram inundadas durante a cheia, mas segundo o secretário de Defesa Civil, nesse momento nenhuma está inundada. O secretário disse ainda que as ruas já começaram a ser limpas. Nesta segunda-feira (27) o município recebeu a visita da Secretária de Estado de Assistência Social Cristiane Lamarão. Além da surpresa de encontrar várias equipes trabalhando já nas primeiras horas da manhã, Cristiane parabenizou a Prefeitura de Pádua pelo trabalho de informação e auxilio às famílias, reforçando a preocupação do Governo do Estado com o interior fluminense e colocando toda estrutura da Secretaria de Estado de Assistência Social à disposição em caso de necessidades.

Mais do SFn