segunda-feira , 17 fevereiro 2020

Rio transborda em Bom Jesus; há desabrigados e desalojados. Cedae interrompe abastecimento de água Município já registrou cinco quedas de barreiras em rodovias e seis deslizamentos de encostas no perímetro urbano. Três casas foram atingidas por esses deslizamentos

Município já registrou cinco quedas de barreiras em rodovias e seis deslizamentos de encostas no perímetro urbano. Três casas foram atingidas por esses deslizamentos

Imagens: Daniel Ferreira

As chuvas constantes que atingem os estados de Minas Gerais e principalmente o Espírito Santo, provocaram a elevação e o transbordamento do Rio Itabapoana em Bom Jesus do Itabapoana, no Noroeste Fluminense. Segundo a Defesa Civil, o nível do rio atingiu a cota de 4 metros, sendo que a cota de transbordo é de 2.10. A estimativa é de que o rio continue subindo. Ruas do Centro, do Pimental Marques e Lia Márcia estão inundadas. O município também registrou enxurradas durante a madrugada desta sexta-feira (24) em pontos do Centro e da localidade de Bom Jardim. Ainda de acordo com a Defesa Civil de Bom Jesus, 132 pessoas estão desalojadas e 188 desabrigadas. Todas essas pessoas estão sendo encaminhadas para escolas municipais onde estão sendo atendidas pelas secretarias do município. Ainda em decorrência das chuvas o município registrou cinco quedas de barreiras em rodovias que cortam Bom Jesus, além de seis deslizamentos de encostas no perímetro urbano. Três casas foram atingidas por esses deslizamentos. (continua após a publicidade)

O Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais registrou 101 milímetros de chuva nas últimas 48h em Bom Jesus, sendo que 74.6 foram nas últimas 24h. Devido à cheia do rio, a Cedae informou que precisou interromper temporariamente o funcionamento da Estação de Tratamento de Água (ETA) do município. Segundo a estatal, a estação entrará em operação imediatamente após a normalização do nível do rio, retomando o fornecimento de água. No entanto, o abastecimento pode levar até 24 horas para ser normalizado por completo em alguns locais, como ruas altas e pontas de sistema. Moradores de imóveis que dispõem de sistema de reservação (caixas d’água e/ou cisterna) não devem sofrer desabastecimento. Mesmo assim, a Companhia pede que os clientes usem água de forma equilibrada, e adiem tarefas que exijam grande consumo de água.

Mais do SFn