sexta-feira , 17 agosto 2018

Salve terra fidelense! São Fidélis completa 168 anos de emancipação e histórias São Fidélis, altaneira, Lindo berço que Deus nos deu!

São Fidélis, altaneira, Lindo berço que Deus nos deu!

vista de são fidelis 1
Fotos: Vinnicius Cremonez / Acervo SF Notícias

A “Cidade Poema”, comemora hoje mais um ano de sua tão desejada emancipação político-administrativa da então Vila de São Fidélis, que antigamente pertencia ao município de Campos.

sao fidelis antiga 5Localizada na região Norte Fluminense do Estado do Rio de Janeiro, as margens do Rio Paraíba do Sul, São Fidélis ficou conhecida nacionalmente e internacionalmente pela sua tradicional Festa da Lagosta, que infelizmente ficou somente na memória. O grande número de poetas e o planejamento das ruas da cidade em forma de poema, deu a cidade o título de “Cidade Poema”. Algumas instituições e alguns moradores ainda tentam manter essa tradição da cidade. São Fidélis conta com um excelente traçado, uma das únicas cidades brasileiras cujo urbanismo foi rigorosamente previsto e cujas linhas nunca deixaram de ser respeitadas.

A cidade está envolvida por belas montanhas e por um clima agradável. Seu território (parte da sua região serrana) também é abrangido pelo Parque Estadual do Desengano – Mata Atlântica – composto de vegetação e fauna nativas, além de belíssimas cachoeiras, oferecendo aos turistas e visitantes uma excelente oportunidade para a prática do ecoturismo e do turismo de aventura.

A colonização desta vasta região teve inicio em 1779 com a chegada de um Frade capuchinho que subiu o rio até a região do sertão habitada pelos índios puris onde hoje é o atual distrito de Ipuca. O contato e a tentativa de aldeamento com os índios puris não ocorreu como se esperava, o que levou o frei a abandonar a missão.

sao fidelis antiga 1Depois do primeiro contato outra missão religiosa foi enviada para que ali se erguesse uma aldeia para os indígenas. Foram incumbidos dessa missão os frades capuchinhos Frei Vitório de Cambiasca e Frei Ângelo Maria de Luca que chegaram às terras do atual Município de Campos em 14 de setembro de 1781. Subiram o Rio até a região chamada por eles de Gamboa e no dia 27 de setembro de 1781 chegaram as terras da região de São Fidélis, e ali formaram logo uma aldeia.

sao fidelis antiga 8Quando um comunidade religiosa seja indígena ou não no período dos séculos XVII e XVIII recebe um sacerdote para as celebrações litúrgicas o local passa a categoria de Curato, termo que vem do latim “curatu”Cargo ou dignidade de um cura.

O curato de São Fidélis integrante a Freguesia de São Salvador (Campos dos Goytacazes) foi anexado a Freguesia de Cantagalo e em 1825 retornou para a Freguesia de Campos e em 1838 recebeu novamente o título de curato, quando o Frei Victório de Cambiasca recebeu a provisão de capelão e assim ficou o curato até receber o seu próprio titulo de freguesia em 1850.

Embora o título de curato tenha demorado a chegar os Frades Angello Maria de Lucca e Victório de Cambiasca já estavam na aldeia, inclusive já até tinham inaugurado a majestosa Igreja Matriz dedicada a São Fidélis que foi membro da mesma congregação dos freis que aqui iniciaram o processo de evangelização dos índios.

mapa da vila de são fidelisSão Fidélis é elevada a categoria de Freguesia de São Fidélis de Sygmaringa, pois a região era estratégica para escoação do café que vinha do interior do país. A então freguesia de São Fidélis incluía as Freguesia de Santo Antonio de Pádua; o arraial de Santo Antônio dos Brotos (atual município de Miracema); o arraial de Nossa Senhora da Piedade de Laje (atual município de Laje do Muriaé); o Arraial de Bom Jesus do Monte Verde (atual município de Cambuci e a Aldeia de São José de Leonissa – São José de Leonissa da Aldeia da Pedra” (atual município de Itaocara). A área da Freguesia de São Fidélis de Sygmaringa era de 3.551 quilômetros quadrados, compreendendo todos os atuais municípios citados, inclusive Santo Antônio de Pádua.

sao fidelis antiga 6Com o uso comum da mão de obra escrava a cultura cafeeira atingiu o une por toda a região, principalmente nas proximidades da Vila: assim cresceram várias fazendas. São Fidélis por estar localizada no local mais perto de campos, possuía a capacidade de ter um porto, pois o Rio Paraíba era navegável até as terras da cidade, sendo um importante local para escoamento de produção. Dois municípios ganham destaque na produção de café, São Fidélis e Cantagalo. Os municípios de Cantagalo e São Fidélis se “estrelavam” com as fazendas de café.

A “Freguesia de São Fidélis de Sygmaringa”, por ato do vice-presidente da Província do Rio de Janeiro, foi elevada à categoria de Vila, conforme estabeleceu a Lei Provincial nº 503, em 19 de abril de 1850, porém para tal fato ocorrer foi construída um câmara municipal (Foto) e uma cadeia.

Em 3 de dezembro de 1870 a então vila de São Fidélis conseguiu se tornar município de São Fidélis, e não foi com muito esforço, pois a vila já contava com câmara de vereadores desde 1855. Passaram a pertencer a São Fidélis a Freguesia de São José de Leonissa (Atual Itaocara), de Santo Antônio e Pádua, São Bom Jesus Do Monte Verde e de Nossa Senhora da Conceição de Ponte Nova.

sao fidelis antiga 7Depois de tantos anos, ainda falta muita coisa para ser feita e para se melhorar em nossa “Terra de Amigos”. A população ainda sonha com um sistema de saúde que realmente funcione, com uma solução para o trânsito que sempre foi um caos e com uma educação mais eficaz, onde nossas crianças, o futuro de nossa cidade, possam estudar em escolas que ofereçam uma estrutura digna e que ao invés de serem fechadas, outras possam ser abertas dando mais capacitação e oferecendo novos cursos, para que os estudantes possam ficar em nossa cidade. Sonhamos com uma cidade que ofereça emprego, para que ao invés de perder habitantes, o número de novos moradores possa crescer.

Wikipedia / História de São Fidélis/Fonte: Palazzolo (1968): Pereira Carneiro, Aurênio. História de São Paulo. Niterói:Imprensa Oficial, 1988.

sao fidelis antiga 2


Mais do SFn