sábado , 10 dezembro 2016
nossa senhora aparecida 2 Foto: SFnotícias

São Fidélis faz carreata para acolher imagem de Nossa Senhora Aparecida

nossa senhora aparecida 8
Fotos: Vinnicius Cremonez

Vários fiéis se reuniram em uma grande carreata pela ruas de São Fidélis na tarde deste domingo (01). O motivo, a imagem de Nossa Senhora Aparecida, que pela primeira vez, chega ao município.

Em entrevista a nossa equipe de reportagem, nossa senhora aparecida 24o Padre Gaspar, da Paróquia de Nossa Senhora Aparecida em São Fidélis, disse que a imagem ficará por 22 dias no município, e que uma extensa programação foi preparada.

Durante a permanência no município, a imagem irá visitar as capelas na zona rural de São Fidélis e, o colégio da paróquia. A imagem saiu da Basílica de Nossa Senhora Aparecida, chamada de Santuário Nacional de Nossa Senhora da Conceição Aparecida em maio, e está percorrendo as paróquias.

Um dos momentos que marcaram a celebração de acolhimento realizada hoje, foi quando a imagem chegou na paróquia, sob fogos e badaladas nos sinos. Muitos aguardavam a imagem nas escadarias da igreja, que ficou lotada.

Antes de chegar em São Fidélis, a imgem passou pela paróquia de Bom Jesus do Itabapoana. Após os 22 dias em solo fidelense, a imagem seguirá para Campos dos Goytacazes. A imagem da Padroeira do Brasil, foi encontrada por pescadores no Rio Paraíba do Sul.

nossa senhora aparecida 1Segundo os relatos, a aparição da imagem ocorreu na segunda quinzena de outubro de 1717, quando Pedro Miguel de Almeida Portugal e Vasconcelos, conde de Assumar e governante da capitania de São Paulo e Minas de Ouro, estava de passagem pela cidade de Guaratinguetá, no vale do Paraíba, durante uma viagem até Vila Rica.

nossa senhora aparecida 20O povo da cidade decidiu fazer uma festa em homenagem à presença de Dom Pedro de Almeida e, apesar de não ser temporada de pesca, os pescadores lançaram seus barcos no Rio Paraíba com a intenção de oferecerem peixes ao conde. Os pescadores Domingos Garcia, João Alves e Filipe Pedroso rezaram para a Virgem Maria e pediram a ajuda de Deus. Após várias tentativas, desceram o curso do rio até chegarem ao Porto Itaguaçu.

Eles já estavam desistindo quando João Alves jogou sua rede novamente e, em vez de peixes, apanhou o corpo de uma imagem sem a cabeça. Ao lançar a rede novamente, apanhou a cabeça da imagem, que foi envolvida em um lenço. A partir daquele momento, os três pescadores apanharam tantos peixes que se viram forçados a retornar ao porto, uma vez que o volume da pesca ameaçava afundar as embarcações.

SFn