terça-feira , 14 agosto 2018

São Fidélis realiza manifestação pacífica

Por volta das 10:00 horas da manhã do dia 22  começou a concentração na praça Guilherme Tito de Azevedo, de pessoas de várias idades e com motivos para escrever seus cartazes e pintar os seus rostos.com bandeira nacional, cartazes, faixas, apitos elas foram se organizando para saírem em passeata pelas ruas de São Fidélis.

A manifestação contou com cerca de 350 pessoas que percorreram as principais ruas da cidade com gritos de ordem, faixas e cartazes.  O vigário da Igreja Matriz de São Fidélis de Sigmaringa, Padre Luiz Carlos, também participou da manifestação.

Apesar do objetivo inicial ser as demandas nacionais, pode-se observar várias pessoas portando cartazes e faixas com assuntos locais como a ponte metálica, o hospital entre outros.

Em frente a rodoviária da cidade, os manifestantes se sentaram no chão e começaram a gritar. ” Brasil sua hora vai chegar”, protestando contra os serviços prestados pela empresa Brasil, responsável pelas linhas intermunicipais.

A manifestação seguiu pacífica por todo o seu trajeto sendo apoiada pelas pessoas que estavam nas lojas e nas calçadas. Ela passou por vários prédios públicos e de instituições.

A manifestação terminou por volta das 12:30, no coreto da Praça, onde foi cantado o Hino Nacional e o Hino Oficial do Município de São Fidélis, “Terra de Luz”.

Segundo as lideranças do movimento, tudo correu como esperado e ficou acertado que uma nova manifestação será realizada, agora focando os temas: Melhoria do hospital e da saúde pública em geral, e esclarecimentos sobre a reforma da ponte metálica.

A Polícia Militar acompanhou toda a manifestação, contando com o apoio de 8 viaturas e cerca de 50 homens. O comandante da operação, Major Campos, afirmou que a manifestação foi pacífica, ordeira, dentro do que é estabelecido pela Constituição Federal.


Mais do SFn