São Fidélis vai receber campanha do MPF em defesa do Paraíba do Sul

Rio Paraíba do Sul foto Vinnicius Cremonez 4
Fotos: Vinnicius Cremonez

A campanha “No Fluxo da Vida, Cada Gota Conta”, em defesa do Rio Paraíba do Sul, já passou por escolas em Campos e São João da Barra, e São Fidélis será a próxima cidade a receber a campanha. A iniciativa, do Ministério Público Federal no Rio de Janeiro (MPF/RJ), que começou dia 29, em Campos dos Goytacazes, visa à conscientização das pessoas para a preservação do rio, que vem sendo castigado pela seca e está com seus reservatórios abaixo do nível ideal para esta época do ano.

O Paraíba do Sul abastece cerca de 80% da população do Grande Rio e está operando abaixo de 20% de sua capacidade. O procurador da República Eduardo Santos de Oliveira, idealizador do programa, informou que a campanha está sendo levada a escolas e empresas e a órgãos governamentais. Nas escolas, o objetivo é levar as crianças a refletir sobre o desperdício de água e mostrar como estava a situação há 20 anos e como está hoje em dia.

“É importante levar o tema para às escolas e mostrar às crianças a situação do Rio Paraíba do Sul, falar sobre a necessidade do uso racional da água. Mostramos aos estudantes de onde a água vem, como circula e os incentivamos a cobrar medidas, dentro de casa, que efetivamente reduzam o desperdício”, disse o procurador. RIO PARAIBA DO SUL FOTO VINNICIUS CREMONEZ 3Oliveira considera as crianças uma ótima “ferramenta” para ensinar os adultos a mudar suas práticas. “Os professores e as crianças funcionam como multiplicadores”, explicou.

De acordo com o procurador, um dos objetivos da campanha é mudar crença em torno da abundância da água e conscientizar as pessoas de que ela não pode ser desperdiçada. Para Oliveira, se o Brasil não mudar essa concepção, pode vir a ter problemas mais sérios no futuro. “A campanha também busca fazer uma ligação entre as crianças e os pais para que estes entendam que têm de ser mais responsáveis no uso da água, sob pena de, amanhã, as crianças pagarem por isso.”

RIO PARAIBA DO SUL FOTO VINNICIUS CREMONEZ 11De acordo com o procurador, a mobilização não se restringe às crianças e seus pais. Órgãos governamentais também são alvo da campanha – o Ministério Público Federal enviou inclusive recomendação ao Ministério da Educação (MEC) para inserir nos currículos matérias de conteúdo ambiental com ênfase nos recursos hídricos.

O procurador disse que a iniciativa deverá abranger toda a região norte fluminense, chegar à capital do estado e, posteriormente, a São Paulo. O próximo município do Rio a receber o projeto é São Fidélis, que, segundo o procurador, está sendo fortemente afetado pela seca. “Já há prejuízos contabilizados na pecuária, com a mortandade de animais. Por isso, vamos agora a São Fidélis fazer esse trabalho de conscientização”, afirmou.

RIO PARAIBA DO SUL FOTO VINNICIUS CREMONEZ 2

Fonte: Agência Rio


Mais do SFn