segunda-feira , 18 novembro 2019

Sargento da PM morre em queda de helicóptero na Baía de Guanabara A aeronave patrulhava a Linha Vermelha quando teve que, segundo a PM, “fazer um pouso forçado na água”

A aeronave patrulhava a Linha Vermelha quando teve que, segundo a PM, “fazer um pouso forçado na água”

Foto: TV Globo

O sargento Felipe Marques de Queiroz, de 37 anos, morreu após um dos helicópteros da Polícia Militar (PM) ter caído na manhã desta segunda-feira (14/01) na Baía de Guanabara. Ele era um dos quatro tripulantes que estavam na aeronave do Grupamento Aeromóvel (GAM).

Outros três policiais foram socorridos e levados ao Hospital Central da PM, mas estão fora de perigo, de acordo com informações de policiais. Dois deles fraturaram a perna. O terceiro não teve ferimentos graves. O sargento Felipe ficou cerca de 15 minutos preso na cabine, que ficou submersa.

A aeronave Fênix 08 do GAM, um helicóptero do modelo esquilo, patrulhava a Linha Vermelha, principal via de ligação entre a Baixada Fluminense e o centro do Rio, quando teve que, segundo a PM, “fazer um pouso forçado na água”, nas proximidades das ilhas do Governador e do Fundão.

O helicóptero, segundo a PM, estava com manutenção regularizada. O acidente será investigado pela Aeronáutica e pelo Centro de Criminalística da PM. O sargento Felipe estava há 14 anos na PM.

Mais do SFn