segunda-feira , 27 maio 2019

Saúde alerta para baixa procura pela vacina contra a gripe em Cordeiro Moradores que fazem parte do público-alvo devem comparecer às Unidades de Saúde da Família para receber a vacina

Moradores que fazem parte do público-alvo devem comparecer às Unidades de Saúde da Família para receber a vacina

Fotos: Divulgação

A Secretaria de Saúde de Cordeiro convocou os moradores que fazem parte do público-alvo da vacina contra a gripe a procurar a Estratégia de Saúde do seu bairro. A secretaria alerta para a baixa procura pela vacina principalmente entre crianças, trabalhadores de saúde, professores e portadores de doenças crônicas, com cobertura abaixo de 42%.

No último sábado, (04/05) o município mobilizou os profissionais para atender a população no Dia ‘D’ da Campanha. A ação integra o calendário do Ministério da Saúde e todas as unidades da Estratégia de Saúde da Família abriram suas portas. Mas, embora seja extremamente eficaz no combate à gripe, a vacina continua tendo baixa procura e os índices de imunização estão muito aquém do que determina o Ministério da Saúde.

Os relatórios captados pela coordenadora da Vigilância em Saúde, Nádia Pinto, divulgados ontem (07/05) pela Prefeitura apontam: Crianças: 1.415 – Vacinados: 568 – 40,14%; Trabalhadores de Saúde: 488 – Vacinados: 149 – 30,53%; Gestantes: 200 – Vacinadas: 92 vacinados – 46%; Puérperas: 33 – Vacinadas: 26 – 78,79%; Idosos: 2.834 – Vacinados: 1.346 – 47,49%; Professores: 361 – Vacinados: 121 – 41,58%; Comorbidades: 1.932 – Vacinados: 182 – 9,42%; Militares: 16 vacinados.

Os moradores devem comparecer às Unidades de Saúde da Família, de segunda a sexta, das 8h às 15h, para receber a vacina. O público-alvo abrange idosos (acima de 60 anos), gestantes, crianças menores de cinco anos, professores, profissionais de saúde, mulheres que deram à luz há até 45 dias e doentes crônicos.


Mais do SFn