quarta-feira , 15 agosto 2018

Secretaria de Estado de Saúde confirma primeira morte por febre amarela em Cantagalo Esse é o segundo caso confirmado no município. Cantagalo ainda aguarda o resultado de exames de outro morador que morreu com suspeita da doença

Esse é o segundo caso confirmado no município. Cantagalo ainda aguarda o resultado de exames de outro morador que morreu com suspeita da doença

Foto: Prefeitura de Cantagalo

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) confirmou em um novo boletim divulgado hoje a primeira morte por febre amarela em Cantagalo. A vítima seria um homem de 39 anos que morreu na tarde do último dia 23. Ele havia sido internado no hospital do município no dia 22 deste mês.

Segundo o município, o paciente morava na cidade, mas tinha um sítio no distrito de Santa Rita da Floresta e não havia se vacinado contra a doença. Esse é o segundo caso confirmado da doença na cidade, sendo um óbito.

O primeiro caso da doença confirmado na cidade é de um morador do distrito de Boa Sorte. Segundo os familiares, ele permanece internado em um hospital no Rio de Janeiro. Cantagalo ainda aguarda o resultado de exames de outro morador que morreu com suspeita da doença. Ele estava internado em um hospital de Nova Friburgo.

No site, a prefeitura disse que foram vacinadas 957 pessoas neste sábado, dia D. A campanha no município segue até o dia 09 de fevereiro.

No Estado

A Subsecretaria de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado de Saúde do RJ informa que em 2018 foram registrados 32 casos de febre amarela silvestre em humanos.

4 casos – Teresópolis, sendo dois óbitos
– 14 casos – Valença, sendo quatro óbitos
– 1 caso – Nova Friburgo, sendo um óbito
– 1 caso – Petrópolis
– 1 caso – Miguel Pereira, sendo um óbito
– 2 casos – Duas Barras
– 1 caso – Rio das Flores, sendo um óbito
– 1 caso – Vassouras
– 3 casos – Sumidouro
– 2 casos – Cantagalo, sendo um óbito
– 1 caso – Paraíba do Sul, sendo um óbito
– 1 caso – Carmo

Mais do SFn