Segurança: carnaval sem carros alegóricos

Defesa Civil de São Fidélis Foto Vinnicius Cremonez 1
Vinnicius Cremonez

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro, fez exigências de documentos às agremiações de São Fidélis para dar mais segurança à população que acompanha o desfile e aos componentes das escolas de samba.

As exigências acontecem em todos os eventos, seja ele em local aberto(público) ou fechado(casa de eventos) e precisam ser cumpridas pelos responsáveis pelo evento, ou o mesmo não recebe o laudo de segurança para que aconteça.

Defesa Civil de São Fidélis Foto Vinnicius Cremonez 3Segundo o Superintendente de Defesa Civil de São Fidélis, Cláudio Luiz, organizadores de eventos precisam dar entrada em  alguns documentos que são necessários para dar segurança as pessoas envolvidas, junto ao Corpo de Bombeiros pedindo autorização.

Entre as exigências que teriam que ser cumpridas pela LIESF (Liga das Escolas de Samba de São Fidélis), responsável pelo carnaval na cidade, está a anotação de responsabilidade técnicas dos carros alegóricos, onde um engenheiro deve assinar um documento dizendo que o carro está seguro.

Defesa Civil de São Fidélis Foto Vinnicius Cremonez 2Na reunião com representante da prefeitura, liga e das escolas de samba, foram passadas essas informações e exigências,mas os presidentes das agremiações preferiram fazer o desfile sem os carros, já que não têm tempo suficiente para cumprir essas exigências.

Em São Fidélis, eventos como exposição agropecuária, festa de São Fidélis e até mesmo a festa da 3º idade, tiveram que cumprir exigências feitas pelo Corpo de Bombeiros.

“Se qualquer acidente acontecer e a documentação não estiver legalizada, quem responde é o presidente da liga, responsável pelo carnaval e os presidentes das escolas de samba”. frisou Cláudio.

“É meu dever como responsável pela Defesa Civil passar as informações para o prefeito; aquilo que pode ser feito dentro da lei ou não pode”. concluiu Cláudio


Mais do SFn

SFn